Financiamento de Terreno Pela Caixa Econômica Federal

Muitas pessoas pretendem realizar o sonho da casa própria aqui no Brasil. Esse é um sonho que uma boa parte da população possui, uma…

Por Redacao em 13/05/2011

Muitas pessoas pretendem realizar o sonho da casa própria aqui no Brasil. Esse é um sonho que uma boa parte da população possui, uma vez que essas pessoas não tem condições financeiras suficientes para comprar um imóvel pronto. As razões para que isso aconteça são diversas, e não vamos discutir sobre isso agora, pois desviaria do ponto principal no qual iremos conversar, que é sobre o financiamento de terrenos.

Financiar um terreno é uma maneira de economizar dinheiro, especialmente para pessoas que não conseguem comprar uma casa própria já construída. Apesar da compra de um terreno ser mais demorada, pois em seguida precisará construir a casa, é uma alternativa que a pessoa tem para conseguir o imóvel próprio.

Vamos comentar sobre como comprar terrenos financiados pela Caixa Econômica Federal, que além do financiamento do terreno, também faz o financiamento da construção. A vantagem disso é que no fim das contas, poderá ser bem mais fácil construir a casa do zero do que comprar um imóvel já pronto.

Na verdade, esse é um processo bem simples de se realizar. Mais fácil até do que a compra de uma casa pronta. Mas vamos falar das etapas: O primeiro passo é escolher um terreno que você deseja comprar. Lembre-se que esse terreno precisa ser de uso residencial em uma área urbanizada, ou seja, precisa ter estrutura de água, luz e outras coisas.

Assim que escolher o seu terreno, leve os documentos do terreno e os seus documentos para a Caixa Econômica, e uma avaliação do local será feita. Alguns engenheiros da Caixa irão até o terreno para avaliá-lo e todos os dados coletados por eles irão influenciar no valor do financiamento e do prazo de amortização.

Se por acaso o terreno tiver um valor maior que o financiamento poderá te conceder, você só vai precisar pagar a diferença com o proprietário do terreno. Isso normalmente acontece, então a dica é que quando for escolher um terreno, tenha sempre uma reserva de dinheiro contigo para esse momento. Outra coisa que não pode ser feita é utilizar o FGTS para financiar o terreno. Não se pode utilizar recursos do FGTS para a compra de terrenos residenciais urbanizados. Usar o FGTS só é possível para a compra de uma casa, não de um terreno.

O pagamento poderá ser feito em prestações de 36 meses ou até 180 meses, caso escolha a opção de taxa de juros pré-fixadas. Escolhendo o financiamento pré-fixado, poderá pagar em 36 meses ou em até 360 meses. Nesses casos a garantia da Caixa de que você vai pagar durante até 30 anos essas parcelas, vai ser a Alienação Fiduciária. Em outras palavras, seu terreno é sua garantia, então muito cuidado com o prazo de pagamento.

Outra coisa importante a ser informada é o valor mínimo do terreno, que deve ser de no mínimo 15 mil reais. Se custar menos que isso, o financiamento não será possível. O valor máximo do terreno vai depender da sua capacidade de pagamento que a Caixa Econômica irá verificar. Para que seu financiamento seja aprovado, o terreno precisa ter o menor valor possível e você precisa ter a maior renda possível.

Caso você tenha uma conta corrente na Caixa, ou cheque especial, cartão de crédito, poderá escolher o pagamento das parcelas por débito em conta ou na folha de pagamento, e poderá pagar uma taxa de juros menor. Para maiores informações acesse o simulador de financiamento de terreno da Caixa Econômica clicando aqui, e vá para uma das agências da Caixa tirar maiores dúvidas.

Top