Editorial MDT 02/12/2012 Filmes

Morgan Freeman iniciou sua carreira realizando pequenas participações em novelas e filmes para a televisão americana. Sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante foi como Fast Black em “Armação Perigosa”, em 1987. No entanto, o sucesso veio mesmo em 1990, após sua brilhante atuação como o motorista Hoke, em “Conduzindo Miss Daisy”, que lhe rendeu o Globo de Ouro de Melhor Ator – Comédia ou Musical  e uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Principal.

Sucessos de Morgan Freeman

Freeman iniciou sua carreira realizando papéis em novelas e filmes para a televisão americana. (Foto Divulgação)

Em 1994, Freeman atuou no filme “Um Sonho de Liberdade”, o qual valeu uma indicação  ao Globo de Ouro de Melhor Ator – Drama e sua segunda nomeação ao Oscar de Melhor Ator Principal.

Leia mais: Atores que interpretaram personagens marcantes da história

Após diversas indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro, Freeman começou a atuar em vários longas de sucesso como “Seven – Os Sete Pecados Capitais”,  “Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões”,  “Os Imperdoáveis”, “Xeque-Mate”, “O Procurado”, “Um Tempo de Glória”,  “Menina de Ouro”, e “Invictus”.

O filme "Um Sonho de Liberdade", valeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator - Drama. (Foto Divulgação)

Veja também: Atores que interpretaram personalidades

Confira a lista dos filmes realizados pelo ator:

– “O Reencontro” (Rob Reiner), 2012

– “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (Christopher Nolan), 2012

– “Conan, o Bárbaro” (Marcus Nispel),  2011

– “Winter – O Golfinho” (Charles Martin Smith), 2011

– “Aposentados e Perigosos” (Robert Schwentke), 2010

– “Um Crime Nada Perfeito” (Peter Hewitt),  2009

– “Jogo Entre Ladrões” (Mimi Leder), 2009

– “Invictus” (Clint Eastwood), 2009

– “Batman – O Cavaleiro das Trevas” (Christopher Nolan), 2008

– “O Procurado” (Timur Bekmambetov), 2008

– “Banquete do Amor” (Robert Benton), 2007

– “A Volta do Todo Poderoso” (Tom Shadyac),  2007

– “Antes de Partir” (Rob Reiner), 2007

– “Medo da Verdade” (Ben Affleck), 2007

– “Um Astro em Minha Vida” (Brad Silberling), 2006

– “O Contrato” (Bruce Beresford), 2006

– “Xeque-Mate” (Paul McGuigan),  2006

– “Um Lugar para Recomeçar” (Lasse Hallström), 2005

– “Cão de Briga” (Louis Leterrier), 2005

– “Batman Begins” (Christopher Nolan), 2005

– “Edison – Poder e Corrupção” (David J. Burke), 2005

– “Menina de Ouro” (Clint Eastwood), 2004

– “O Golpe” (George Armitage), 2004

– “O Quinto Passo” (Ed Solomon), 2003

– “O Apanhador de Sonhos” (Lawrence Kasdan), 2003

– “Todo Poderoso” (Tom Shadyac), 2003

– “A Soma de Todos os Medos” (Phil Alden Robinson), 2002

– “Crimes em Primeiro Grau” (Carl Franklin), 2002

– “Na Teia da Aranha” (Lee Tamahori), 2001

– “Sob Suspeita” (Stephen Hopkins), 2000

– “A Enfermeira Betty” (Neil LaBute), 2000

– “Impacto Profundo” (Mimi Leder), 1998

– “Amistad” (Steven Spielberg), 1997

– “Tempestade” (Mikael Salomon), 1997

– “Beijos Que Matam” (Gary Fleder), 1997

– “Os Amores de Moll Flanders” (Pen Densham), 1996

– “Reação em Cadeia” (Andrew Davis), 1996

– “Seven – Os Sete Crimes Capitais” (David Fincher), 1995

– “Epidemia” (Wolfgang Petersen), 1995

– “Um Sonho de Liberdade” (Frank Darabont), 1994

– “Os Imperdoáveis” (Clint Eastwood), 1992

– “O Poder de um Jovem” (John G. Avildsen), 1992

– “Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões” (Kevin Reynolds), 1991

– “A Fogueira das Vaidades” (Brian De Palma), 1989

– “Um Rosto Sem Passado” (Walter Hill), 1989

– “Tempo de Glória” (Edward Zwick), 1989

– “Conduzindo Miss Daisy” (Bruce Beresford),1989

– “Meu Mestre, Minha Vida” (John G. Avildsen), 1989

– “Marcas de um Passado” (Glenn Gordon Caron), 1988

– “Armação Perigosa” (Jerry Schatzberg), 1987

– “A Força da Inocência” (Christopher Cain), 1985

– “Meu Pai, Eterno Amigo” (Paul Newman), 1984

– “Escola da Desordem” (Arthur Hiller), 1984

– “Marie – A Verdade de uma Mulher” (Roger Donaldson), 1985

– “Testemunha Fatal” (Peter Yates), 1981

– “Brubaker” (Stuart Rosenberg), 1980

– “Blade” (Ernest Pintoff), 1973

– “Onde Estavas Quando as Luzes Se Apagaram?” (Hy Averback), 1968

– “A Man Called Adam” (Leo Penn), 1966

– “O Homem do Prego” (Sidney Lumet), 1964

Em 2005, o ator ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, pela sua atuação em "Menina De Ouro". (Foto Divulgação)

Em janeiro deste ano, Freeman ganhou o prêmio Cecil B. DeMille, na 69ª edição do Globo de Ouro. O prêmio é dedicado para  todos aqueles que se notabilizaram no cinema. No passado, tiveram vencedores como Al Pacino,  Michael Douglas, Steven Spielberg, Robert de Niro, entre outros.

Confira ainda:  Filmes com fama de amaldiçoados: fotos

Outros artigos

Ultrabooks Asus: modelos, preços

09/01/2013

Ultrabooks Asus: modelos, preços

A nova geração dos notebooks, chamados ultrabooks, tem conquistado muitos usuários. Mais leves, mais finos, mais rápidos e com bateria mais duradoura, eles se tornam...