Fifa propõe ingressos de baixo custo para substituir meia-entrada

Jérônimo Valcke O secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa) Jérônimo Valcke, afirmou hoje (8) em reunião na Câmara dos Deputados que avalia a…

Jérônimo Valcke

O secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa) Jérônimo Valcke, afirmou hoje (8) em reunião na Câmara dos Deputados que avalia a Lei Geral da Copa, que será criada uma nova categoria especial de ingressos de custo mais acessível, chamada de categoria 4.

De acordo com o secretário, os ingressos dessa categoria terão valor único de US$25 (cerca de R$ 44) e só poderão ser comprados por estudantes, idosos e pessoas de baixa renda. “Com a criação dessa categoria, queremos dar acesso ao maior número de pessoas”, afirmou.

O preço dos ingressos é uma das discussões relacionadas a Copa de 2014. Pela Lei Geral da Copa solicitada pela president Dilma Rousseff para votação no Congresso, o direito de definir o preço da entrada nos estádios é da Fifa, que prepara o evento.

Outro debate é a possibilidade de meia-entrada presumida pela legislação brasileira para idosos. Em relação a estudantes, há legislação estaduais distintas pelo país, no entanto, a Câmara aprovou um projeto que formaliza o direito. A sugestão ainda deve passar pelo Senado.

O secretário-geral criticou a cobrança de meia-entrada, já que, segundo ele, não são os mais pobres que adquirem estes ingressos. E mais, disse que deseja criar organismos para impedir a ação de cambistas em frente a estádios.

Top