FIES 2014: Como participar

A falta de dinheiro para as mensalidades não representa mais um impedimento para fazer um curso superior. O FIES, uma iniciativa do Ministério da…

Por Isabella Moretti em 08/04/2014

A falta de dinheiro para as mensalidades não representa mais um impedimento para fazer um curso superior. O FIES, uma iniciativa do Ministério da Educação, oferece ao estudante a oportunidade de fazer a faculdade tranquilamente e começar a pagar apenas depois da formação.

Fundo de Financiamento Estudantil. (Foto: Divulgação)

O Fundo de Financiamento Estudantil foi criado em 1999, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Com o passar do tempo, o programa foi se tornando menos burocrático e mais acessível aos estudantes que não podem pagar o curso superior, mas que também não se enquadram nos critérios do PROUNI.

O FIES tem a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil como os seus agentes financeiros. O financiamento conta com os menores juros do mercado, se comparado aos outros créditos estudantis. A taxa é de 3,4% ao ano para todos os cursos.

As inscrições para o FIES permanecem abertas durante o ano todo. Podem solicitar o financiamento os estudantes que estão matriculados em cursos superiores participantes do programa e que fizeram o Enem 2010 ou posterior. O limite de renda mensal bruta para obter o crédito é de 20 salários mínimos.

O estudante só começa a pagar a faculdade 18 meses depois de se formar. (Foto: Divulgação)

Como participar do FIES 2014?

Acompanhe a seguir o passo a passo para participar do FIES 2014:

1. Acesse o Sistema Informatizado do FIES (SisFIES) e informe os dados solicitados pelo sítio, como CPF, data de nascimento e e-mail. Também é necessário cadastrar uma senha.

2. Visite a caixa de entrada do email e abra a mensagem enviada pelo FIES. Clique no link para validar a primeira etapa da inscrição.

3. Entre no site SisFIES novamente para terminar de preencher os dados pessoais. Também é necessário informar o curso e a instituição que você está matriculado.

4. Depois de concluir a inscrição online no FIES, você terá um prazo de 10 dias para comparecer a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) e validar as informações.

5. Se todos os dados estiverem corretos, a CPSA gera o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI), que deverá ser apresentado no agente financeiro do FIES (Caixa ou BB) dentro do período de 10 dias. O prazo começa a valer a partir do terceiro dia de validação da inscrição.

6. Para assinar o contrato com a instituição bancária, é necessário apresentar os seguintes documentos: CPF, RG, DRI e comprovante de residência. O financiamento só será liberado se houver um fiador.

Para conseguir FIES, é preciso respeitar os critérios de cada etapa da inscrição. (Foto: Divulgação)

7. No agente financeiro, apresente a documentação referente ao fiador, ou seja, CPF, RG, comprovante de residência, certidão de casamento (se for o caso) e comprovante de rendimentos. Se você não conseguir um fiador, ainda pode contar com a fiança convencional ou solidária. Somente os bolsistas parciais do ProUni não precisam de fiadores.

Acesse o site SisFIES agora mesmo e inscreva-se no financiamento estudantil.

Top