Fibromialgia: saiba mais

A fibromialgia é uma doença crônica, caracterizada pelo excesso de dores no corpo. As pessoas que sofrem do problema costumam apresentar sensibilidade nas articulações,…

A fibromialgia é uma doença crônica, caracterizada pelo excesso de dores no corpo. As pessoas que sofrem do problema costumam apresentar sensibilidade nas articulações, nos tendões, nos músculos e outros tecidos moles. A fibromialgia faz com que o doente sempre reclame de dores, seja nas costas, nos braços, na cabeça ou nas pernas. De acordo com dados da OMS, há 20 mulheres para cada homem com fibromialgia.

A fibromialgia é uma doença crônica que causa dores no corpo. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Fibromialgia – O que é? Qual o Tratamento?

Fibromialgia não é dor psicológica

Considerada uma patologia moderna e que atinge principalmente as mulheres, a fibromialgia também está associada à fadiga, a ansiedade, a depressão e aos distúrbios do sono. A doença costuma ser diagnosticada em pacientes do sexo feminino durante o período de pré-menopausa (entre 40 e 60 anos).

Embora a fibromialgia seja uma doença que cause dores frequentes no corpo, ela demorou a ser considerada um mal físico. Somente após várias pesquisas a ciência conseguiu comprovar que as ‘dores que nunca vão embora’ correspondem a uma patologia crônica.

Por muito tempo o paciente com fibromialgia teve o seu quadro justificado como ‘dores psicológicas’. Mas agora, com estudos mais aprofundados a respeito deste problema de saúde, os médicos já podem orientar o fibromiálgico sobre o tratamento, para aliviar as sensações incômodas.

Dores frequentes nas costas é um dos sintomas. (Foto:Divulgação)

As causas da fibromialgia são desconhecidas, mas os especialistas acreditam que a doença está associada a traumas físicos e emocionais, infecções com vírus e algum tipo de resposta anormal à dor, devido a uma falha no sistema nervoso central.

Sintomas da fibromialgia

Os portadores da síndrome normalmente sofrem com fadiga, distúrbios do sono, problemas de concentração e memória, dores agudas, profundas e ardentes em alguns tecidos moles, enxaqueca, formigamento nas mãos e nos pés, palpitações e dificuldades para fazer exercícios físicos.

Leia Também:  Maxi botas para inverno 2014: dicas, como usar

Muitas pessoas diagnosticadas com fibromialgia afirmam que as dores pioram quando acontece a mudança de clima, em casos de ansiedade e estresse.

Tratamento para fibromialgia

A fibromialgia não tem cura, mas pode ser tratada. (Foto:Divulgação)

A fibromialgia não tem cura, mas pode ser tratada. O acompanhamento médico adequado tende a minimizar a sensação de desconforto do paciente. As dores são aliviadas através de medicamentos, que precisam ser administrados com cautela para que os efeitos sejam positivos.

Além do uso de remédios analgésicos e anti-inflamatórios, o problema também pode ser tratado com a assistência de um fisioterapeuta e com atendimento psicológico. As terapias alternativas também ajudam o paciente a se sentir melhor, como é o caso do pilates.

Nos casos mais graves de fibromialgia, o paciente precisa ser encaminhado para uma clínica especializada em dor.

Veja também: Atriz que fez Chiquinha tem doença crônica

Top