Festa de Parintins: curiosidades

Festa de Parintins: curiosidades

A Região Norte ainda mantém vivas suas tradições. É lá, por exemplo, que ocorre a famosa Festa de Parintins, que todos os anos reúne…

Por Paulo Lima em 29/11/2012

A Região Norte ainda mantém vivas suas tradições. É lá, por exemplo, que ocorre a famosa Festa de Parintins, que todos os anos reúne milhares de expectadores para conferir um verdadeiro espetáculo alegórico de lendas, costumes e rituais.

A Festa de Parintins está entre as maiores festas folclóricas do país. (Foto: Divulgação).

Realizada na cidade de Parintins, no Amazonas, a Festa do Boi, como o evento também é conhecido, teve a sua primeira edição realizada em 1965. Até 2005, ela acontecia nos dias 28, 29 e 30 de junho. Entretanto, a partir do ano seguinte, uma lei municipal mudou sua data para o último fim de semana desse mesmo mês.

A festa é uma disputa a céu aberto de duas associações: o Boi Garantido, de cor vermelha, e o Boi Caprichoso, de cor azul. Atualmente, a apresentação é feita no Bumdódromo, inaugurado em 1988 pelo governador amazonense, com capacidade para 35 mil pessoas. Durante os três dias de festival, os bois abordam as temáticas regionais com alegorias e encenações, divulgando aos espectadores a cultura local.

Conheça também os pontos turísticos da Região Norte. 

Curiosidades

O evento prestigia os costumes e a cultura da Região Norte. (Foto: Divulgação).

Muita gente deve pensar o porquê da festa fazer alusão ao boi e não a onça pintada ou a outros animais que são típicos da região. A explicação para esse fato está associada ao ciclo da borracha, período em que milhares de nordestinos migraram para a floresta, levando a tradição do Boi-Bumbá.

Durante a festa, também ocorre o concurso de toadas, promovido individualmente pelo Caprichoso e pelo Garantido. A cada ano, uma nova toada é eleita, dando ao seu compositor o prestígio de ver sua obra cantada por toda torcida vermelha ou azul. Além disso, ele recebe uma gratificação em dinheiro, oferecida pela comissão da agremiação.

Desde quando o festival começou a ser realizado, várias toadas se consagraram e ficaram famosas no Brasil inteiro, como Boi Barroso, Vermelho, Tic Tic Tac, Boi Bumbá, Boi do Amazonas, Bumba Meu Queixada, Entrada do Boi Misterioso, Boi de Mamão, entre outras.

Veja também: Pacote festival de Parintins Vieira Tour.

Atualmente, a festa acontece no Bumdódromo, que tem capacidade para 35 mil pessoas. (Foto: Divulgação).

Para a escolha do Boi vencedor, são avaliados 21 quesitos: apresentador, levantador de toadas, batucada, ritual indígena, porta-estandarte, amo do boi, sinhazinha da fazenda, rainha do folclore, cunhã-poranga, boi-bumbá evolução, toada, letra e música, pajé, tribos indígenas, tuxauas, figura típica regional, alegoria, lenda amazônica, vaqueirada, galera, coreografia e organização do conjunto folclórico.

A Festa de Parintins passou a ter transmitida ao vivo em 1994, pela Rede Amazônica de televisão, afiliada da Rede Globo. A partir de 1997 até 2007, o direito de exibição do festival passou para a TV Crítica. Hoje, a Rede Bandeirantes é responsável por transmitir o evento para todo o país.

Top