Fazer Faculdade no Exterior

Ter um diploma de peso, possuir grande experiência sobre uma determinada área do conhecimento e trazer na bagagem toda a vivência adquirida fora do…

Ter um diploma de peso, possuir grande experiência sobre uma determinada área do conhecimento e trazer na bagagem toda a vivência adquirida fora do Brasil, seja para a vida profissional ou pessoal, é o sonho de muita gente. Como é possível então torná-lo realidade? Como fazer faculdade no exterior?

Primeiramente, é preciso se encaixar em um determinado perfil. É necessário ter o mínimo de 17 anos e estar no último ano ou ter concluído o ensino médio. Aqueles que já começaram a estudar, também podem terminar a graduação iniciada aqui fora do país.

Uma grande questão diz respeito ao idioma. Todo mundo acredita que é imprescindível ter fluência na língua local, mas isso pode ser um pouco diferente. Quem já tem um certo nível de conhecimento, deverá passar por testes para verificar a atual situação e ser pontuado por isso. No caso do Inglês, por exemplo, o aluno terá de fazer dois testes importantíssimos: o Test of English as a Foreing Language (Toefel) e o International English Language Testing System (IELTS). Quem não sabe muito a língua estrangeira, deverá antes frequentar o curso English as a Second Language (ESL) e somente depois, fazer o teste e embarcar. Há países que tem outras condições, o Canadá, por exemplo, aceita participantes sob uma determinada condição, dessa forma, ele já pode viajar o quanto antes, não vai precisar perder tempo estudando e só depois ir embora.

Além desses requisitos já citados, fazer faculdade no exterior tem ainda outras cobranças. As instituições de ensino exigirão alguns detalhes, tais como as notas do histórico escolar e o conhecimento a respeito de matérias do curso. Algumas delas aplicam um teste chamado Subject Tests, em que o candidato é submetido a questões de matemática, redação e leitura. Mesmo com todos esses detalhes, cada universidade estabelece seus critérios de avaliação de ingresso, portanto, essas informações formam apenas um panorama geral.

Leia Também:  Curso de Matemática Financeira Online, Curso Matemática EAD

Os interessados em fazer faculdade no exterior devem ficar atentos pois há diferença em relação ao começo das aulas. O ano letivo no Canadá e nos Estados Unidos, por exemplo, começa em agosto e setembro. Os cursos oferecidos são diversos, como Administração, Tecnologia da Informação, Turismo, Relações Internacionais, entre outros. O sistema é de aprovação é de créditos, igual no Brasil, e o período de estudos geralmente é integral.

Aqueles que já iniciaram os estudos aqui e têm vontade de terminá-los fora, devem saber que as matérias cursadas na faculdade de origem podem ser aproveitadas no exterior. Mas os alunos precisam se informar na instituição brasileira sobre como proceder, já que cada uma tem uma forma diferente de enviar seus alunos para estabelecimentos de ensino estrangeiros.

Depois de pensar em como fazer faculdade no exterior, o interessado se pergunta onde deverá morar. A melhor opção é ficar em repúblicas, nos campi ou em casas de família.

Quem tem vontade de arrumar as malas e ir para fora do Brasil para trazer de volta um diploma de ouro, deve procurar empresas que organizam intercâmbios para tornar o sonho uma realidade.

Top