Fatores que aumentam o risco de câncer de boca e garganta

A boca e a garganta participam de vários processos, dentre eles a fala, a alimentação, a respiração, a mastigação e a deglutição. Todas contém…

A boca e a garganta participam de vários processos, dentre eles a fala, a alimentação, a respiração, a mastigação e a deglutição. Todas contém vários tipos de células e tecidos onde podem se desenvolver tumores. Essas diferenças são importantes porque influenciam no tratamento e prognóstico do indivíduo. Saiba mais sobre o assunto e veja os fatores que aumentam o risco de câncer de boca e garganta.

O câncer de boca e garganta é muito comum. (Foto: divulgação)

Câncer de boca e garganta

Vários tipos de células compõem estruturas diferentes que formam a boca e a garganta. O câncer acontece quando as células normais sofrem transformações no crescimento e na multiplicação, sem controle normal. Enquanto as células se multiplicam, elas formam somente pequenas anormalidades conhecidas como lesões, formando uma massa chamada tumor.

Os tumores são cancerígenos quando são malignos. Isso significa que o crescimento descontrolado invade os tecidos vizinhos. Os tumores podem se espalhar para outras regiões diretamente ou através dos vasos linfáticos e da corrente sanguínea. O processo de invasão é chamado de metástase.

Os tumores de boca e garganta incluem os tipos malignos e benignos. Os benignos, apesar de crescerem e penetrarem a camada superficial do tecido, não se espalham para o corpo. Já os malignos podem evoluir e surgir em outras partes do corpo, dificultando muito o tratamento e a cura.

O cigarro aumenta o risco de câncer de boca e garganta. (Foto: divulgação)

Fatores que aumentam o risco de câncer de boca e garganta

Tanto o cigarro quanto o tabaco sem fumaça aumentam o risco do desenvolvimento de câncer de boca e garganta. Todas as maneiras de tabagismo são ligadas a esse tipo de câncer, inclusive o cigarro, os charutos, os cachimbos e outros. O fumo do tabaco pode causar câncer em qualquer parte da boca e da garganta, também nos pulmões e outros órgãos do corpo.

Leia Também:  Aprenda estimular a memória

Existem vários fatores diferentes que podem causar o câncer, dentre eles está o uso de álcool. Pelo menos ¾ das pessoas apresentam chances de ter um câncer de boca e garganta consomem álcool com frequência.

A exposição à luz ultravioleta também é considerada um fator de risco. Pessoas que passam muito tempo ao sol são mais propensas a terem câncer de lábio. Várias cepas de HPV são relacionadas aos canceres de colo de útero, vagina e outros. A infecção pelo HPV acredita-se aumentar o risco de câncer oral em algumas pessoas.

A idade e o sexo também são fatores relevantes. Com o passar dos anos, nosso corpo vai perdendo algumas capacidades de regeneração celular e, por isso, aumentam as chances de surgirem tumores malignos. Os cânceres de boca e garganta são duas vezes mais comuns em homens do que em mulheres.

As bebidas alcoólicas são fatores de risco. (Foto: divulgação)

O câncer de boca e garganta pode ser causado por vários fatores. O autoexame na boca pode ajudar a diagnosticar esse problema. É preciso eliminar os fatores de risco para prevenir esse tipo de doença. O ideal é consultar o médico especialista para saber mais sobre o assunto.

Top