Facebook passa a perguntar se os usuários desejam compartilhar seus dados pessoais

Desde que foram anunciadas as mudanças para a nova página do Facebook, a rede social enfrentava um impasse judicial perante a Comissão Federal de…

A rede social tem descumprido suas promessas

Desde que foram anunciadas as mudanças para a nova página do Facebook, a rede social enfrentava um impasse judicial perante a Comissão Federal de Comércio (FTC) dos Estados Unidos. A acusação? A rede estaria prestes a enganar seus usuários, pois estaria divulgando mais dados do que seus usuários concordaram em tornar públicos no momento em que criaram o seu perfil.

Segundo o jornal Washington Post, o Facebook finalmente chegou a um acordo para a acusação. A rede social passaria a exibir solicitações para os seus usuários antes de divulgar os seus dados pessoais na rede, exatamente como acontece antes de você acessar um novo aplicativo da rede.

A FTC anunciou que tomará uma série de medidas para assegurar que todas as promessa feitas pelo Facebook sejam cumpridas no futuro. Nos próximos 20 anos, a rede social deverá pedir o consentimento de todos os seus usuários antes de tornar pública qualquer uma de suas informações pessoais.

A empresa não admitiu e nem foi absolvida por divulgar os dados pessoais de seus usuários para terceiros. Segundo o FTC, o Facebook está propibído de fazer mais afirmações enganosas. Em um comunicado oficial, Mark Zuckerberg, CEO e criador do Facebook, admitiu que a sua empresa cometeu uma porção de erros.

Top