Exercícios para mulheres grávidas

Antigamente recomendava-se que as gestantes ficassem, a maior parte do tempo, sentadas ou deitadas. Porém, hoje isso é muito diferente, sendo os exercícios físicos…

Existem exercícios específicos para gestantes.

Antigamente recomendava-se que as gestantes ficassem, a maior parte do tempo, sentadas ou deitadas. Porém, hoje isso é muito diferente, sendo os exercícios físicos recomendados pelos médicos durante toda a gravidez, exceto para aquelas que possuam algum tipo de complicação que coloque em risco a vida do bebê ou da mãe.

Benefícios dos exercícios durante a gravidez

  • Os exercícios ajudam a melhorar a postura da grávida, que é prejudicada pela inclinação anterior do quadril causada pelo aumento do útero durante a gestação. A melhora postural se dá através do fortalecimento dos músculos das costas, do peito, ombros e do bumbum;
  • Melhoram a circulação sanguínea, diminuindo o inchaço e as câimbras nas pernas;
  • As mulheres que praticam mais exercícios durante a gravidez têm partos menos dolorosos e uma ótima recuperação pós-parto;
  • Os exercícios que movimentam a cintura e o quadril podem ajudar a fortalecer os músculos da bexiga e prevenir problemas nesse órgão;
  • Ajuda a controlar o peso, promover o bem estar e o ânimo;
  • Melhora as condições respiratórias da mãe, oxigenação do feto e liberação dos nutrientes para ele.

Veja também algumas dicas de como se alimentar na gravidez. 

Exercícios promovem um maior bem estar.

Exercícios para mulheres grávidas

1.  Vasocapilares

  • Esses exercícios estimulam a circulação sanguínea;
  • A mulher deve ficar deitada, com as pernas e os braços para cima, movimentando as mãos, os braços, pés e pernas;
  • Eles fortalecem a placenta;
  • É um ótimo exercício para hipertensão, prevenção do inchaço, das varizes e hemorroidas.

2. Cócoras

  • A mulher aprende como controlar a musculatura da pelve e a relaxar na hora do nascimento do bebê;
  • A mulher deve flexionar os joelhos e fazer movimentos de contração e relaxamento da pelve;
  • Essa atividade ajuda no deslizamento do bebê na hora do parto.

3. Contração pélvica

  • Ajuda a posicionar o bebê para o parto;
  • A gestante deve colocar as mãos e os joelhos no chão e fazer o mesmo esforço que o exercício de cócoras.

4.  Alongamento

  • Na posição sentada, a mulher deve colocar as pernas abertas lateralmente e alongar para os lados, e para frente;
  • Melhora as dores nas costas.

5.  Outros exercícios

  • Caminhadas sem muito esforço;
  • Natação moderada;
  • Hidroginástica;
  • Esteira e bicicleta ergométrica;
  • Pilates.

6. Ponte

  • É ótimo para evitar as terríveis dores nas costas e no nervo ciático, frequentes nas gestantes;
  • Evita o parto antecipado;
  • Nesse exercício, a mulher deve deitar, erguer a pelve e parte das costas com a força das pernas e joelhos.

Confira também: Os benefícios do pilates para gestantes. 

Exercício de ponte.

Cuidados com os exercícios na gravidez

Algumas mulheres devem tomar alguns cuidados durante a prática dos exercícios. Por isso o médico deve ser consultado antes de iniciar qualquer exercício se a grávida apresentar:

  • Risco de aborto espontâneo;
  • Teve sangramentos intensos;
  • A placenta está baixa;
  • Problemas na coluna e articulações;
  • Hipertensão arterial (pré-eclampsia e eclampsia);
  • Gravidez de gêmeos ou mais;
  • Histórico de parto prematuro.

Todo o exercício deve ser feito com segurança, levando sempre em consideração que as grávidas são diferentes. O ideal é procurar o médico para que ele faça uma avaliação e indique qual o melhor exercício para a gestante.

Top