Exercícios para língua presa

A língua presa é um problema relativamente comum, capaz de afetar pessoas de todas as idades, apesar de ser congênito, na maioria das vezes.…

A língua presa é um problema relativamente comum, capaz de afetar pessoas de todas as idades, apesar de ser congênito, na maioria das vezes. Esse distúrbio não representa riscos à saúde, mas pode causar um grande impacto na vida de várias crianças que sofrem com o problema e apresentam dificuldade para dizer alguns fonemas do modo correto. Existem várias formas de tratamento para língua presa, e a mais comum é através de exercícios específicos. Saiba mais sobre o assunto e confira dicas de como corrigir essa disfunção.

Quanto mais cedo o problema for tratado, melhor serão os resultados. (Foto: divulgação)

O que é a “língua presa”

O termo é usado para se referir à dificuldade em pronunciar fonemas, especialmente com a letra “L”, devido a um encurtamento do freio lingual, que impossibilita que a língua alcance o céu da boca e se movimente da maneira adequada.

A língua presa também pode ser adquirida por alguns hábitos, como uso de chupeta, mamadeira com furo grande no bico e costume de chupar os dedos, que resultam em mudanças na conformação da cavidade oral e consequente reposicionamento da língua. Com o tempo ela acaba perdendo seu tônus adequado e se tornando incapaz de auxiliar na articulação das palavras. Geralmente esses pacientes pronunciam as letras “S” e “Z” colocando a língua entre os dentes da frente.

Soluções para o problema

De acordo com os especialistas, o problema pode ser facilmente solucionado com algumas medidas simples, mas que requerem grande empenho do paciente. A maioria dos casos responde bem ao tratamento com fonoaudiólogo, e em raras situações é preciso recorrer aos procedimentos cirúrgicos.

É importante ressaltar que, para obtenção de melhores resultados, é fundamental diagnosticar e tratar o problema o mais rápido possível. Durante a vida adulta, a dificuldade de reverter os sons sibilantes emitidos pelos indivíduos portadores de língua presa é muito mais difícil.

O frênulo pode ser tão curto que algumas crianças não conseguem por a língua pra fora. (Foto: divulgação)

Exercícios para a língua presa

Alguns exercícios são capazes de ajudar quem sofre com o problema. Entretanto, é fundamental destacar a importância de realizar acompanhamento com profissional devidamente qualificado, capaz de avaliar o caso e sugerir exercícios específicos para cada situação.

Continuar Lendo  Dieta do ponto Z

Entre os principais exercícios para língua presa, é possível destacar:

  • Chupar pirulito: É uma forma bastante agradável de tratar o problema, pois enquanto a criança brinca com o doce na boca, especialmente o posicionando abaixo da língua, estimula sua movimentação e alongamento do frênulo;
  • Estalo: Emitir o som que lembra o trotar de um cavalo;
  • Massagem no frênulo: Com a ponta dos dedos massagear a região do frênulo lingual, para tentar alongá-lo e fortalece-lo;
  • Protrusão e retração: Esticar e retrair a língua ao máximo, para fora e para dentro da boca;
  • Rotação: Colocar a ponta da língua entre os dentes e tentar girar o corpo da língua, em forma de espiral.

Pirulitos podem ser usados para exercícios com a língua. (Foto: divulgação)

Muitos pais não sabem o que fazer com crianças que possuem língua presa, que pode acabar causando grande constrangimento para os pequeninos e impedindo a adequada articulação das palavras. Atualmente a maioria dos casos responde muito bem ao tratamento com exercícios que estimulam a musculatura orofacial, mas ainda assim é fundamental procurar auxílio de fonoaudiólogo, capaz de avaliar o caso e sugerir o melhor método de tratamento.

 

Top