Exames para realizar antes de engravidar

Os exames feitos antes da gravidez são também chamados de exames pré-concepcionais. Eles são feitos com o intuito de descobrir problemas que possam afetar…

Os exames feitos antes da gravidez são também chamados de exames pré-concepcionais. Eles são feitos com o intuito de descobrir problemas que possam afetar a saúde da mãe ou do bebê durante a gestação. Com a realização desses exames prévios, é possível tratar e prevenir vários problemas. Saiba mais sobre o assunto e veja quais os exames para realizar antes de engravidar.Exames para realizar antes de engravidar 1

Prevenindo problemas na gestação

O planejamento da gravidez com antecedência ajuda o bebê a nascer mais saudável. Sendo assim, pelo menos quatro meses antes de engravidar, o ideal é que a mulher procure um ginecologista para fazer os exames pré-concepcionais. O objetivo é detectar doenças e outros problemas que possam interferir no desenvolvimento saudável do bebê ou da própria gestante.

Durante a consulta, a mulher poderá saber como está seu estado de saúde, avaliando possíveis disfunções genéticas ou hormonais. Se houver necessidade, o médico irá tratar o problema para que a mulher engravide com saúde.  Além disso, o especialista avaliará se as vacinas da futura gestante estão em dia.

O hemograma é um dos exames que devem ser feitos antes de engravidar. (Foto: divulgação)

Veja também como lidar com a ansiedade para engravidar 

Exames para realizar antes de engravidar

1. Hemograma completo: esse exame é feito com o intuito de verificar as condições gerais de saúde da futura gestante e diagnosticar problemas como anemia, quadros tóxicos e outros;

2. Tipagem sanguínea e fator Rh: a tipagem sanguínea deve ser feita para saber se há incompatibilidade sanguínea da mãe com o bebê. Caso exista a incompatibilidade, a vacina de gamaglobulina anti-D deve ser aplicada;

3. Glicemia de jejum: esse exame pode diagnosticar a presença de diabetes mellitus e também avaliar as chances da doença se desenvolver. Esse problema de saúde pode causar má formação fetal e até mesmo abortos espontâneos;

Leia Também:  Cortinas e tapetes: como decorar

4. Urina: a detecção de bactérias na urina auxilia no tratamento e prevenção de infecções que podem causar contrações uterinas e até parto prematuro;

5. Fezes: tem como objetivo detectar a presença de parasitas e bactérias que contribuem para o surgimento de doenças que provocam a perda de ferro e outros minerais. Além disso, o exame avalia a saúde intestinal da mulher;

6. Exames sorológicos: os exames sorológicos são indispensáveis para garantir o crescimento saudável do bebê. Dentre os principais exames estão o citomegalovírus, a rubéola, a toxoplasmose, a sífilis (VDLR), a hepatite B, o HIV (causador da AIDS) e o HPV. Esses exames são essenciais para evitar más formações fetais e também a transmissão de algumas dessas doenças para o bebê.

O exames pré-gestacionais são essenciais para garantir uma gravidez segura. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para aumentar a fertilidade 

Os exames realizados antes da gravidez são indispensáveis para diagnóstico e tratamento de doenças que possam interferir na saúde do bebê e também da mãe. Procure o ginecologista, caso esteja pensando em engravidar, para que ele avalie as suas condições de saúde e trate precocemente possíveis problemas.

Top