Exame do fundo do olho: saiba mais

A oftalmoscopia é relativamente simples de ser feita e pode ajudar no diagnóstico de algumas doenças importantes, capazes de causar graves repercussões na vida…

A oftalmoscopia é relativamente simples de ser feita e pode ajudar no diagnóstico de algumas doenças importantes, capazes de causar graves repercussões na vida de muitas pessoas. Fique por dentro do assunto e saiba mais sobre o exame de fundo de olho.

Saiba como diagnosticar algumas das principais doenças visuais.

O exame de fundo de olho deveria ser realizado regularmente por todas as pessoas. (Foto: divulgação)

Para que serve o exame de fundo de olho

O exame de fundo de olho propicia uma rápida avaliação da vitalidade de partes importantes dos olhos, como o humor vítreo, retina, vasos sanguíneos e nervo óptico. O ideal seria se submeter esporadicamente à oftalmoscopia, mesmo no caso de quem não possue nenhum tipo de queixa, pois esse exame torna possível a detecção precoce de distúrbios visuais que se desenvolvem, inicialmente, de maneira assintomática, além de vários outros, como o diabetes, câncer, leucemia, AIDS, inflamações reumáticas, tuberculose, toxoplasmose e problemas tireoidianos.

Quem deve fazer o exame de fundo de olho

De acordo com os especialistas, todo mundo deveria realizar o exame de fundo de olho, até mesmo as crianças. Na verdade, o recomendado é que os bebês sejam submetidos a esse tipo de análise logo após o nascimento, especialmente no caso de prematuridade ou filhos de mulheres que desenvolveram infecções durante o período gestacional.

Pessoas sem nenhum tipo de doença ocular ou que apresentam doenças sistêmicas que podem evoluir com alterações visuais (como diabetes, leucemia, hipertensão, distúrbios tireoidianos entre outros), devem realizar a oftalmoscopia anualmente, especialmente nos casos de pessoas com mais de 40 anos.

Saiba mais sobre o câncer nos olhos.

O exame de fundo de olho é simples de ser realizado. (Foto: divulgação)

Como o exame é feito o exame de fundo de olho

A oftalmoscopia é muito fácil de ser realizada e nem é preciso gastar tempo ou dinheiro indo a laboratórios especiais, pois o exame completo é feito no consultório do próprio oftalmologista.

Leia Também:  Uniodonto Planos Odontológicos

Através do oftalmoscópio, que possui lentes especiais capazes de aumentar a imagem e permitir uma adequada avaliação das estruturas anatômicas intraoculares, o médico vai procurar verificar as condições de internas dos olhos, observadas pela abertura da pupila.

Nem sempre é necessário usar colírios dilatadores, especialmente no caso de pacientes livres de problemas oculares. É importante lembrar que, apesar da fotofobia ser bastante incômoda, a não utilização desse tipo de colírio permite uma avaliação mais limitada da retina. Também é possível que o médico utilize outros colírios com diferentes ações, a fim de avaliar melhor as condições do globo ocular.

Entenda o significado das manchas nos olhos.

Imagem observada na oftalmoscopia. (Foto: divulgação)

O exame de fundo de olho é bastante simples de ser realizado e deveria ser feito habitualmente por todas as pessoas, especialmente àquelas que portadoras de doenças sistêmicas que podem cursar com prejuízo ocular.

Top