sábado, 20 de agosto de 2022 - 20/08/2022 00:28:25
MundodasTribos

É necessário pagar uma taxa de 100 dólares para participar do programa (Foto: Divulgação)

Representantes da missão diplomática dos Estados Unidos da América em solo nacional anunciaram nesta segunda-feira, 26 de março, que estão prontos para implementar um projeto-piloto com a finalidade de agilizar a passagem de brasileiros pela imigração dos EUA. Segundo o consulado norte-americano, o projeto conhecido como Global Entry (GEP), ou “Viajante Confiável”, permite que pessoas cadastradas e aprovadas não peguem fila de controle de passaporte em 20 aeroportos do país. A implementação do programa depende ainda da aprovação do Governo Brasileiro. Não existe uma data oficial para o início do programa.

O “Viajante Confiável” é um projeto do Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA e hoje está disponível para holandeses, norte-americanos e mexicanos. Para se cadastrar no projeto, o viajante precisa se registrar no Sistema Global Online de Inscrição (Goes). O site é o https://goes-app.cbp.dhs.gov/main/goes). Também será preciso pagar uma taxa de US$ 100 e aguardar o retorno da análise dos dados informados.

O projeto visa diminuiar 705 das filas (Foto: Divulgação)

Passageiros aprovados para o GEP terão autorização de passar por quiosques automatizados, que ficam localizados em aeroportos dos Estados Unidos antes da área de imigração para apresentarem digitais, declaração da alfândega e passaporte. O quiosque emite um recibo, caso esteja tudo correto, e o passageiro fica liberado para pegar sua bagagem.

O sistema informatizado faz uso de um queipamento para leitura da impressão digital (Foto: Divulgação)

O governo brasileiro já declarou em outras ocasiões que adotaria uma postura de reciprocidade, ou seja, da mesma formar que os outros países tratam os brasileiros, seriam tratados em solo nacional. Com essa atitude, os norte-americanos esperam que até as Olimpíadas de 2016 os aeroportos do Brasil tenham as cabines do Global Entry. A estimativa é que as filas nas alfândegas diminuam em até 70% por causa do programa. Mas, como é necessário desembolsar uma quantia de US$100 para participar do “Viajante Confiável”, não é recomendado para pessoas que viajam apenas uma vez por ano para os Estados Unidos, já que o investimento passaria a ser um gasto desnecessário.

O conteúdo "EUA pretende ‘facilitar’ entrada de brasileiros no país" foi feito por Élida Santos e distribuído por MundodasTribos na categoria Notícias em .

1

Pode ser do seu interesse

Vagas de estágio Apple 2013

Vagas de estágio Apple 2013

SENAI PR Cursos Técnicos Gratuitos Paraná 2011

SENAI PR Cursos Técnicos Gratuitos Paraná 2011

Como economizar com o uniforme escolar

Como economizar com o uniforme escolar

Adesivos para tablets: preços, onde comprar

Adesivos para tablets: preços, onde comprar

Citroën Concessionárias

Citroën Concessionárias

Financeira Santander Financiamentos

Financeira Santander Financiamentos