Estresse pode causar aftas na boca

As aftas aparecem de forma constante na boca das pessoas e são caracterizadas por feridas dolorosas. Elas possuem como causa principal o estresse, por…

As aftas são lesões muito dolorosas

As aftas aparecem de forma constante na boca das pessoas e são caracterizadas por feridas dolorosas. Elas possuem como causa principal o estresse, por serem desencadeadas devido qualquer fator que altere o sistema imunológico do indivíduo. Conheça um pouco mais sobre essa ferida tão comum.

☰ CONTEÚDO

Definição

As aftas são patologias que, comumente, surgem na mucosa bucal. São muito dolorosas e possuem característica de uma úlcera (ferida profunda) de coloração branco-amarelada, com contornos avermelhados. A depender da alteração, elas podem surgir solitárias ou múltiplas.

Causas

Mesmo sendo uma enfermidade muito comum, ainda suas causas são desconhecidas. Apesar de não existir uma origem determinada, sabe-se que a alteração do sistema imunológico (responsável pela defesa do organismo), está diretamente ligada com o seu aparecimento.

Vale lembrar que, em muitos casos, o estresse emocional e a ingestão de alguns alimentos podem também colaborar com o desenvolvimento das aftas.

Quadro clínico

De maneira geral, as aftas se manifestam por lesões que variam em número e grau de acometimento da mucosa. Geralmente os indivíduos percebem que têm aftas pela ardência e pela vermelhidão da área afetada. Elas costumam atingir toda a mucosa oral do paciente, porém são mais frequentemente observadas na borda da língua e nos sulcos gengivo-labiais.

Existem dois tipos de aftas, as denominadas minor e as aftas major. As primeiras, minor, possuem um formato menor e, geralmente, acometem a mucosa de maneira mais superficial. Elas costumam desaparecer em dez dias e não deixam cicatrizes. Já as aftas major podem demorar até um mês para regredirem e, normalmente, deixam cicatrizes.

Em alguns casos, quando há um grande número de aftas, pode ocorrer agrupamento das lesões, sendo denominada afta herpetiforme. 

O estresse emocional pode colaborar com o aparecimento das aftas

Diagnóstico

O diagnóstico é baseado na história clínica e, principalmente, na característica da ferida. Como foi anteriormente mencionado, é uma úlcera de coloração branco-amarelada, sendo circundada por uma coloração avermelhada.

Tratamento

Antes de iniciar o tratamento, o medico avaliará a intensidade do quadro. Porém, de forma geral, o tratamento de baseia no uso de medicamentos de uso sistêmico. Entre eles podemos citar:

  • Medicamentos imunossupressores – responsáveis em diminuir os sintomas e sinais das aftas. Mas, por possuírem grandes efeitos colaterais, estão indicados apenas nos casos mais severos;
  • Medicamentos anti-sépticos – estes impedem que ocorra infecção no local da ferida;
  • Medicamentos antiinflamatórios.

As aftas são patologias muito comuns. Apesar de não possuir uma causa aparente, possui grande relação com o estresse emocional. Isto, por afetar a imunidade, alterando o sistema de defesa do organismo. A depender do grau de acometimento, não é necessário um acompanhamento médico detalhado, por evoluir sem cicatriz. Porém, caso o quadro seja mais severo, é necessário buscar um atendimento especializado.

Dependendo do grau de acometimento necessitam de acompanhamento médico

Top