Estrabismo – Olho Vesgo

O estrabismo corresponde à perda do paralelismo entre os olhos.  Pessoas com estrabismo são chamadas popularmente de “vesgas“. Existem três formas de estrabismo, o mais comum é…

Por Editorial MDT em 28/05/2009

estrabismo

O estrabismo corresponde à perda do paralelismo entre os olhos.  Pessoas com estrabismo são chamadas popularmente de “vesgas“. Existem três formas de estrabismo, o mais comum é o convergente (desvio de um dos olhos para dentro), mas podem ser também divergentes (desvio para fora) ou verticais (um olho fica mais alto ou mais baixo do que o outro).

O estrabismo muitas vezes é congênito, mas existem casos que o indivíduo fica estrábico depois que atinge a fase adulta, devido alguma lesão no globo ocular ou complicação da diabetes. O estrabismo pode ser aparente ou latente, constante ou intermitente.

Os olhos têm a função de focalizar uma imagem e transmitir ao cérebro. Caso os olhos estejam fixos em um mesmo ponto, o cérebro funde as duas imagens, isso em uma visão normal.

No estrábico, em vez da imagem se fundir, duas imagens são captadas. Quando a criança é estrábica, ela costuma rejeitar a imagem do olho estrábico e só enxerga com o olho sem problema.

Quanto ao adulto, como o olho acostumou a ver com os dois olhos ele não consegue ignorar o olho estrábico, acontecendo assim à diplopia, visão duplicada. O melhor  mesmo é começar a tratar tão logo descubra que tem estrabismo.

Os tipos de estrabismo são:

Constitantes: O desvio de um dos olhos é permanentemente observado. Podem ser monoculares quando apenas um se desvia e alternados quando ora é um olho ora é outro.

Intermitentes: Ora os olhos estão alinhados e ora há desvio. Mais frequente nos divergentes.

Latentes: Só é possível verificar com testes oculares.

O estrabismo é corrigido com óculos ou cirurgia e protetor ocular, com procedimentos realizados pelo médico oftalmológico. Opera-se o estrabismo que não é corrigido com óculos ou a parte que os óculos não conseguem corrigir. O estrabismo que se corrige com óculos é chamado de acomodativo e está relacionado, em geral, à necessidade de correção do grau de hipermetropia.

Somente os desvios latentes e os intermitentes pequenos é que são passíveis de serem auxiliados por exercícios chamados ortópticos. Pelas implicações de perda de visão, bem como pela possibilidade de ser manifestação de outras doenças, os pacientes com estrabismo devem ser examinados por um oftalmologista se houver suspeita de desvio ocular.

 

visão convergente e divergente

-vertical para cima e para baixo;

estrabismo para cima para baixo

-Inclinado para esquerda ou para a direita.

estrabismo para esquerda-direita

Top