Especial 11 de Setembro: Relembre o Atentado as Torres Gêmeas

O dia 11 de setembro de 2001 tinha tudo para ser um dia comum na cidade de Nova York, mas não foi. Os ataques…

O dia 11 de setembro de 2001 tinha tudo para ser um dia comum na cidade de Nova York, mas não foi. Os ataques terroristas da Al-Qaeda levaram ao chão as Torres Gêmeas do World Trade Center, um dos cartões postais norte-americanos. A tragédia resultou em milhares de mortes e foi um dos acontecimentos mais importantes dos últimos tempos.

Depois de dez anos, muitas pessoas recordam com angustia e dor o 11 de setembro e procuram entender os motivos que levaram ao atentado. Os aviões que colidiram com as torres foram na verdade seqüestrados a mando de Bin Laden e usados como mísseis para acabar com uma das construções mais significativas dos Estados Unidos. O mundo parou para acompanhar a tragédia. Cerca de 3 mil pessoas foram mortas.

Entenda o atentado de 11 de setembro

As aeronaves seqüestradas pelos terroristas foram lançadas contra dois pontos estratégicos: primeiro no World Trade Center e depois no Pentágono. Enquanto os três aviões conseguiram completar a missão, o quarto saiu de sua rota e caiu em área vazia devido ao conflito a bordo entre terroristas e passageiros.

O AA-11 foi o primeiro avião que colidiu com as torres gêmeas e depois de 17 minutos UA-175 se chocou WTC e completou o ataque. À medida que o fogo ainda devastava, pessoas se jogavam das janelas, sendo que as câmeras do mundo todo registraram cenas chocantes como essas. Os edifícios começaram a arder nas chamas e isso resultou numa queda devastadora.

A presença dos Estados Unidos na Arábia Saudita, o apoio norte-americano a Israel e a Guerra no Iraque foram algumas das justificativas dadas pela Al-Qaeda para o ataque de 11 de setembro. O planejamento da ação terrorista foi cuidadoso e já alertado ao presidente Bill Clinton em 1998.

Leia Também:  09 de Julho: Feriado da Revolução Constitucionalista

Até hoje surgem contestações a respeito da queda das torres gêmeas e estudos são realizados para responder as principais dúvidas que ficaram. O impacto dos aviões foi capaz de incendiar, causar o derretimento do aço e dessa forma comprometer a infraestrutura de cada edifício. Nuvens de poeira cobriram os arredores do WTC que deixaram Nova York em ruínas. Uma década depois, as investigações ainda apontam algumas lacunas.

O mundo depois do atentado às Torres Gêmeas

Na economia: a tragédia de 11 de setembro trouxe severas conseqüências não só para os Estados Unidos, mas para todo o mundo. O panorama econômico norte-americana ficou abalado, principalmente com relação às empresas que realizavam atividades de exportação. As ações caíram no mercado financeiro. As ofertas de emprego em Manhattan também diminuíram, tal como a busca por imóveis nessa região. O transporte aéreo norte-americano também ficou deficiente e resultou em prejuízos para a maior potência do mundo.

Na política: com poucos meses de governo Bush, os Estados Unidos teve que vivenciar a tragédia do 11 de setembro. O presidente anunciou uma guerra global contra o terrorismo, intensificou os ataques ao Iraque e ordenou invasões ao Afeganistão em resposta aos ataques.

– Na sociedade: as ameaças terroristas passaram a representar um dos principais medos do pós-11 de setembro. A islamofobia ganhou força em todo o mundo e muitos mulçumanos inocentes começaram a ser alvos de atentados. Em virtude de 10 anos do ataque ao World Trade Center, um memorial ás vítimas será inaugurado. O complexo terá uma moderna infraestrutura e contará com fotos, depoimentos e objetos relacionados ao acontecimento.

Na cultura: os ataques terroristas também influenciaram o mundo cinematográfico, como é o caso do personagem Voldemort da saga Harry Potter, que foi construído fazendo uma referência ao terrorismo (ou ao próprio Bin Laden). Outros filmes abordaram assuntos relacionados ao 11 de setembro e revelaram marcas expressivas no cinema hollywoodiano. Músicas e livros sambem foram inspiradas na tragédia norte-americana.

Leia Também:  O que Fazer em Caso de Roubo ou Perda de Documentos

Top