Esmaltes que são hipoalergênicos: marcas, preços

Não dá para contar quantas marcas de esmaltes existem no mercado. As opções de preços também são inúmeras. Por isso, as amantes do nail…

Não dá para contar quantas marcas de esmaltes existem no mercado. As opções de preços também são inúmeras. Por isso, as amantes do nail world podem se esbaldar, adquirindo uma coleção vastíssima deles, aproveitando todos os valores e cores encontrados, certo? Não! Errado!

A coceira nos olhos pode ser um dos sintomas de alergia a esmaltes (Foto: Divulgação)

Nem toda mulher pode aproveitar tudo que o mercado de cosméticos oferece. Muitas pessoas são alérgicas aos componentes dos produtos e isso é algo arriscado. A reação de alergia a esmaltes pode aparecer de diferentes maneiras, de uma simples descamação até o inchaço de pálpebras e pescoço – o que pode ser muito perigoso, principalmente para as crianças. Isso acontece devido às tradicionais substâncias que compõem dos esmaltes – DBP, Tolueno e Formaldeído.

O que são esmaltes hipoalergênicos

Os esmaltes hipoalergênicos são também chamados 3-FREE, pois sua fabricação não inclui o trio citado, acima. Estas substâncias fazem com que a textura, o brilho e a cobertura dos esmaltes sejam melhores. Contudo, podem causar sérios danos à saúde. É por isso que, em muitos países, tais substâncias são proibidas e a indústria de cosméticos teve de se adaptar à proibição, passando a fabricar esmaltes antialérgicos.

Como saber se tenho alergia a esmaltes?

Muitas vezes, um belo esmalte pode originar reações alérgicas (Foto: Divulgação)

Se, após a aplicação de um determinado esmalte, a pessoa sente que suas cutículas coçam, ou que suas pálpebras se incham, ou até mesmo que seu pescoço fica vermelho e irritado, deve estar atenta. A melhor coisa a fazer é investir em esmaltes 3-FREE.

Hoje, as principais marcas brasileiras já estão fabricando esmaltes antialérgicos. O investimento ainda não faz parte de todas as cores que uma marca lança, mas algumas delas já se dedicaram a uma linha específica 3-FREE. Em muitos casos, as opções de cores não são tão vastas e os preços também não são os mesmos dos produtos comuns. É que, para manter a qualidade do produto, sem que ele contenha DBP, Tolueno e Formaldeído, as fabricantes precisam substituir as substâncias e isso acaba encarecendo o esmalte. Mesmo assim, vale a pena pagar um pouquinho mais e garantir a saúde. É importante lembrar, ainda, que o formaldeído pode causar, além de irritações, câncer.

Leia Também:  Pacote para Bariloche CVC 2013: preços

Preços de esmaltes hipoalergênicos

Deve-se ter atenção às marcas e verificar qual delas não causa reação alguma (Foto: Divulgação)

Veja alguns dos principais esmaltes hipoalergênicos brasileiros e seus valores médios. Vale ressaltar que nem todos os produtos das marcas são 3-FREE. É preciso verificar as especificações, nas embalagens.

– Colorama: os preços dos esmaltes hipoalergênicos Colorama variam, de R$ 3 a R$ 5;

– Ludurana: R$ 3 a R$ 4;

– Argento: de R$ 4,25 a R$ 5;

– Impala: de R$ 8 a R$ 10;

– Risqué: R$ 10 ou mais.

Os preços dos esmaltes 3-FREE variam, de acordo com os locais de venda e as cores escolhidas. Pesquise pelas marcas e escolha o seu. Caso os sintomas alérgicos persistam, é indicado que se procure um médico, pois a reação poderá ser a outro componente do produto.

Confira mais uma marca hipoalergênica: Linha de esmaltes antialérgicos Mohda

Saiba mais sobre este assunto: Alergia a esmaltes de unhas, sintomas

Top