Esmaltação americana: o que é, como fazer

A esmaltação americana já é velha conhecida das esmaltólatras. Quem adora experimentar novas formas de manicure sabe que esta técnica difere, um pouco, do…

A esmaltação americana já é velha conhecida das esmaltólatras. Quem adora experimentar novas formas de manicure sabe que esta técnica difere, um pouco, do modo brasileiro de esmaltar as unhas. No tipo de esmaltação mais comum, as unhas são inteiramente pintadas, até as suas bordas, como acabamento encostado nas cutículas. Ao final, quase sempre é necessário usar palito, algodão e acetona, para retirar os excessos. Na esmaltação americana, as cutículas e uma fina camada das bordas da unha não recebem esmalte. Pelo que se sabe, esta forma de usar esmaltes é bastante comum, nos Estados Unidos e na Europa, sendo o tipo de manicure mais básico, entre as mulheres. Embora muitas não tenham essa preferência, é sempre bom aprender coisas diferentes. Por isso, vamos ensinar a você como fazer este tipo de esmaltação.

A linha entre o esmalte e a cutícula é quase imperceptível (Foto: Divulgação)

Material necessário

– esmalte base

– esmalte da cor escolhida

– esmalte top coat (opcional)

– pincel chanfrado, com cerdas firmes (não pode ser macio, usado em maquiagens). Este item pode ser substituído por palito e algodão

– removedor de esmalte

– papel toalha ou um pano qualquer

O pincel chanfrado deve ter cerdas firmes (Foto: Divulgação)

Passo a passo esmaltação americana

– para começar a fazer esmaltação americana, a dica é aplicar uma camada de base, com muito cuidado, já deixando as bordas da unha sem esmalte. Como o produto é translúcido, fica mais fácil treinar, com ele, pois é preciso adquirir prática, para que a camada de esmalte colorido fique certinha. Comece pelo centro da unha e vá até as laterais;

Leia Também:  Primeira consulta no ginecologista: dicas

– após a secagem completa da base, é hora de aplicar o esmalte da cor escolhida. É preciso se guiar pela linha criada pela base. Com muito cuidado, comece, também pelo centro, e procure seguir o contorno da base. Nas bordas, não é necessário deixar o espaço igual ao esmalte longe da cutícula. Pode ser uma linha um pouco mais fina. Não se preocupe, caso o contorno não tenha ficado perfeito. O pincel e o removedor irão consertá-lo, mais tarde;

– deixe, reservado, um palito para eventuais erros. Quando percebeu que borrou, retire o excesso, imediatamente;

Exemplo de como fazer esmaltação americana (Foto: Divulgação)

– após a esmaltação, dependendo da cor escolhida, pode-se aplicar um top coat;

– deve-se esperar pela secagem, mas não muito tempo; somente o necessário para que o esmalte não borre;

– o esmalte afastado da cutícula, agora, será acertado, com o pincel chanfrado (ou palito) e o removedor. Coloque a ponta do pincel, no produto e retire o excesso, no papel toalha. Isso é necessário para não acumular removedor, nas unhas, borrando-as;

– com muita sutileza, use o canto mais curto do pincel e vá fazendo o contorno das unhas, deixando a linha do esmalte bem certinha. Faça isso em todas as unhas, com muito cuidado. Está pronto!

A esmaltação americana não é nenhum bicho de sete cabeças, mas é necessário praticar, até que os contornos fiquem com um acabamento bonito. Portanto, mãos à obra!

Saiba mais sobre as cutículas: Cuidados com cutículas: dicas

Veja outros cuidados: Como usar esmaltes sem prejudicar as unhas

Top