Escorpiões: como evitar, cuidados

Os escorpiões são aracnídeos que injetam veneno, quando atacam, com picadas. No mundo, existem em torno de 1400 espécies deste animal e a ocorrência…

Os escorpiões são aracnídeos que injetam veneno, quando atacam, com picadas. No mundo, existem em torno de 1400 espécies deste animal e a ocorrência de cada uma delas varia, conforme as regiões. Em geral, os escorpiões gostam de lugares escuros e úmidos. É por isso que nesta época do ano, aumentam os acidentes com eles, pois o calor intenso e a ocorrência maior de chuvas fazem com que estes animais saiam de seus esconderijos, à procura de alimentos e abrigos mais seguros. Saiba como evitar o aparecimento de escorpiões.

Escorpiões aparecem mais, durante o verão (Foto: Divulgação)

Como prevenir-se contra escorpiões

Em qualquer lugar, é de extrema importância verificar ralos e outros possíveis meios de entrada para os escorpiões. Vede-os, não se esquecendo, também, das portas, quando estas têm alguma passagem que facilite o acesso dos pequenos animais.

Antes de calçar tênis ou sapatos fechados, verifique se não há nada dentro deles. Os escorpiões podem entrar nas casas e outros locais, escondendo-se em lugares deste tipo, onde menos se esperar encontrá-los.

Residências que ficam na zona rural ou próximas de terrenos baldios devem receber atenção maior, principalmente em relação à limpeza. É fundamental limpar, frequentemente, todos os ambientes, verificando todas as frestas possíveis.

Evite o acúmulo de objetos, no seu quintal ou em qualquer lugar da casa. Pilhas de telhas, tijolos ou madeira são locais que os escorpiões adoram.

Não deixe acumular coisas no chão, como montes de roupas e outros objetos, que podem ser usados como esconderijos para os escorpiões.

Cuidado deve ser dobrado, quando há crianças na casa (Foto: Divulgação)

O que fazer quando alguém é picado por escorpião

Os cuidados para que os escorpiões não apareçam são de extrema importância e evitam acidentes domésticos. Ainda assim, podem acontecer ataques, em muitos lugares. Portanto, tenha sempre muita atenção e olhe bem onde pisa ou coloca as mãos. Se houver crianças no local, a atenção deve ser ainda maior, pois uma picada de escorpião em crianças pode ser fatal.

Continuar Lendo  Picada de escorpião: o que fazer

Caso alguém sofra uma picada de escorpião, a primeira coisa a fazer é manter a calma. O nervosismo acelera o batimento cardíaco e a circulação sanguínea. Com isso, o veneno poderá se espalhar pelo corpo, mais rapidamente.

Se houver possibilidade, vale a pena capturar os escorpião e levá-lo, junto com você, ao posto de atendimento médico. Assim, será mais fácil saber qual a espécie do animal e o antídoto ideal para o seu veneno.

Em caso de acidente, deve-se ir ao médico, imediatamente (Foto: Divulgação)

Não é indicado fazer torniquetes ou automedicação. A forma mais segura de cuidar de uma picada do escorpião é a procura por um médico, que saberá exatamente o que fazer. O máximo permitido é aplicar um analgésico no local da picada, de forma a aliviar a dor.

A caminho do hospital, o paciente também pode usar cubos de gelo ou toalha com água gelada, colocando-os sobre o ferimento, também para diminuir a dor.

Caso a pessoa esteja respirando mal, socorra-a, fazendo respiração artificial. Existem muitos casos de pessoas que têm a sua respiração comprometida, após a picada.

Finalmente, quanto menos a pessoa picada se movimentar, melhor será, pois assim dificulta-se a circulação do veneno, pelo restante do corpo.

Top