Esclareça as principais dúvidas sobre serviços bancários

Quem é que não depende de serviços financeiros? Todas as pessoas, não é mesmo? Hoje é importante e necessário escolher um banco e fazer suas movimentações bancárias do dia a dia. Mas, para isto é preciso analisar os serviços bancários disponíveis a fim de que você possa eliminar as possíveis dúvidas acerca deste tema. […]

Quem é que não depende de serviços financeiros? Todas as pessoas, não é mesmo? Hoje é importante e necessário escolher um banco e fazer suas movimentações bancárias do dia a dia. No entanto, é preciso conhecer o seu funcionamento, o que ele representa de benefício e o que é um perigo para o seu bolso. Para início de conversa, saiba que o banco é uma instituição que se mantém no mercado por intermédio de seus juros cada vez mais elevados e suas famosas tarifas e taxas. Por isso, analise os serviços bancários abaixo com as devidas orientações e recomendações a fim de que você possa eliminar as possíveis dúvidas acerca deste tema. Acompanhe:

 Como abrir uma Conta-corrente? Quais os documentos necessários?

Abrir uma conta-corrente é o primeiro passo para quem precisa e depende dos serviços de um banco. No entanto, é preciso esclarecer quais os principais documentos que é preciso, vamos lá?!

– É necessário preencher uma ficha de cadastro no próprio banco.

– Apresentar os documentos originais e cópia de identidade, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda.

Mediante a entrega dos documentos acima, o banco cria uma conta-corrente a fim de que você realize toda movimentação bancária. A partir daí, você também receberá um cartão magnético para efetuar saques, depósitos, retirar extratos, realizar transferência de recurso e até fazer pagamentos. O cliente também poderá receber um talão de cheque. A partir de um salário mínimo, muitos bancos já concedem ao cliente a posse de um talão de cheque. Já os universitários têm maior facilidade, visto que o banco visualiza neste estudante um potencial cliente futuramente!

O que é um cheque especial? Para que serve? Suas taxas são baixas?

Cheque especial, este é um dos mais desejados por muitos clientes. No entanto, é preciso conhecer e saber como ele funciona. Na verdade, este tipo de cheque é um crédito pré-aprovado. Como assim? O banco concede a seus clientes certo limite de crédito a fim de que você saque ou possa emitir cheques. De uma forma bem simples, podemos dizer que ele é uma forma de empréstimo!  O perigoso disto é porque os juros são altíssimos! Muita gente se engana com a facilidade e nem sabe que o cheque especial pode ser um benefício no presente, mas poderá se tornar um desequilíbrio financeiro se você não souber administrar!

Por que o banco cobra tarifa?

Para você manter uma conta ativa no banco não é de graça. Cada instituição bancária cobra uma tarifa para cada tipo de serviço. Você sabe quais são estes serviços? Ora, assim que o banco faz a abertura de sua conta, ele imediatamente já cobra uma tarifa de abertura e de cadastro. Depois, mensalmente, o banco debita do valor disponível em conta corrente uma taxa que é a manutenção da conta. O valor dessa taxa varia de banco para banco, mas é em média R$ 30,00. Como mencionado no início deste artigo, o banco se mantém de tarifas, juros e taxas. Por isto, a instituição cobrará de você (cliente) um valor referente a talão de cheques, transferências, extratos, dentre outros serviços.

Caro leitor, se você deseja abrir uma conta-corrente e está em dúvida qual é o banco que oferece as menores tarifas do mercado, é só acessar o site do Banco Central (www.bcb.gov.br). Compare os valores e decida em qual banco você será um cliente!

 

 


Top