Erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco

Conheça os erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco. Essa rede social é perfeita para fazer contatos profissionais, mas também pode…

Conheça os erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco. Essa rede social é perfeita para fazer contatos profissionais, mas também pode trazer prejuízos quando usada de forma equivocada.

Erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco. (Foto Ilustrativa)

Erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco. (Foto Ilustrativa)

O LinkedIn foi criado nos Estados Unidos há mais de 12 anos. Ele se destaca na internet como uma rede social voltada para a vida profissional. Através dele, as pessoas conseguem encontrar emprego, fazer networking ou conquistar parceiros para fazer a empresa crescer. A ferramenta aumenta muito o potencial da carreira, no entanto, é preciso ter muito cuidado na hora de criar e administrar um perfil.

Leia mais: Como usar o LinkedIn em benefício da carreira

Erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco

Selecionamos os erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco. Confira:

Perfil com pouca informação

Um bom profissional procura manter o seu perfil no LinkedIn atualizado. Portanto, não deixe de incluir as conquistas profissionais e os cargos mais relevantes da sua carreira. Também é interessante descrever suas atribuições em cada ocupação, pois assim a trajetória profissional fica mais rica, clara e completa. Não se esqueça, ainda, de falar sobre formação, trabalhos voluntários, idiomas, cursos complementares, objetivos atuais e as perspectivas para o futuro.

Cargo vago e sem especificações

Na hora de preencher o perfil no LinkedIn, cuidado para não adicionar um cargo genérico. Procure usar palavras-chaves para descrever a sua atividade, pois isso vai atrair a atenção dos recrutadores.

Continuar Lendo  Primeiro Emprego RJ 2010: Vagas Para Jovens

Perfil desatualizado

Perfis desatualizados são ignorados pelos recrutadores. (Foto Ilustrativa)

Perfis desatualizados são ignorados pelos recrutadores. (Foto Ilustrativa)

Não adianta ter uma página no LinkedIn simplesmente porque todos os profissionais têm. O ideal é criar um perfil e mantê-lo atualizado. Poste alguma coisa interessante no mínimo uma vez por semana. Os membros com mais atualizações ganham mais visibilidade na rede social e, consequentemente, conseguem mais conexões. No entanto, tome cuidado com a linguagem utilizada ao se comunicar. Escreva corretamente e evite gírias, pois os recrutadores também reparam nisso.

Saiba mais: Como ter um perfil de sucesso no LinkedIn

Falta de contatos

Use o LinkedIn com o objetivo de ampliar a rede de contatos e fazer muito networking. Procure adicionar no mínimo duas pessoas por semana para ganhar mais credibilidade e se tornar visto.

Ausência de foto de perfil

Um perfil no LinkedIn sem foto não desperta o interesse dos recrutadores. O ideal é escolher uma fotografia estilo 3×4 para adicionar à rede, que indique seriedade e profissionalismo.

Escolha uma boa foto para o seu perfil no LinkedIn. (Foto Ilustrativa)

Escolha uma boa foto para o seu perfil no LinkedIn. (Foto Ilustrativa)

Inatividade em grupos

Cada membro do LinkedIn pode participar de até 50 grupos. Portanto, aproveite essa ferramenta para encontrar pessoas com interesses em comum, de acordo com área, localização e profissão. A inatividade em grupos pode condenar o seu perfil ao fracasso.

Veja também: Como fazer seu cadastro no LinkedIn

Agora você já conhece os erros no LinkedIn que colocam o seu emprego em risco. Siga as dicas e use essa rede social a favor da sua carreira. Continue no Mundo das Tribos e veja outras matérias sobre emprego.

 

Top