Erros na iluminação da casa

Erros na iluminação da casa

Apesar da iluminação da casa parecer ser algo simples, sem segredos, é necessário muito cuidado e atenção, pois muitas vezes, erros na iluminação artificial…

Por Editorial MDT em 22/05/2013

Apesar da iluminação da casa parecer ser algo simples, sem segredos, é necessário muito cuidado e atenção, pois muitas vezes, erros na iluminação artificial da casa podem comprometer ações cotidianas, como simplesmente ver televisão ou relaxar no quarto.

A iluminação da casa deve ser tão detalhada no projeto como a instalação de fiação e canos, porque muitas vezes, os erros cometidos na instalação da iluminação só podem ser revertidos com obras demoradas e caras.

Conheça alguns erros na iluminação da casa:

Salas pedem iluminação quente e aconchegante. (Foto: Divulgação)

Sala

Muitas pessoas acreditam que a sala necessita apenas de uma iluminação central, sem levar em consideração a importância da iluminação secundaria neste ambiente. Este é um dos ambientes mais utilizados da casa, e a utilização de uma luz muito forte, para iluminar todo o ambiente, pode atrapalhar em algumas tarefas, como no momento de ver TV, enquanto uma luz mais fraca pode não ser eficaz em outras ações, como em leituras.

Leia também: Ventilador de teto na decoração: dicas.

Luz branca ou amarela?

Muitas pessoas não se importam com o tipo de luz usada em suas residências, se ela é branca ou amarela, mas a verdade é que elas são ideais para alguns cômodos específicos da casa, cada uma com seus prós e contras.

Por exemplo, luzes brancas devem ser utilizadas em locais que precisam de bastante iluminação, como no caso de um banheiro, cozinha, escritório, sala de leitura, entre outros. Já em outras áreas, que pedem uma luz mais tênue, como quartos e salas, o ideal é a utilização da luz amarela, que dá ao ambiente um ar mais íntimo e acolhedor, além de realçar a decoração do local.

Cozinhas, escritórios e banheiros precisam de iluminação forte.(Foto: Divulgação)

Hall de entrada

O hall é uma área que não necessita de tanta iluminação, pois é um espaço muito pequeno e uma lâmpada de luz forte gastaria muita energia em um local que fica praticamente sem utilidade na maior parte das vezes.  A luz forte também pode atrapalhar, principalmente porque esta é a primeira luz que vemos ao entrar na casa.
Já a luz quente, amarela, nos faz ter a sensação de um ambiente acolhedor, e tem mais cara de lar e família, diferentemente da luz branca, forte.

Quartos infantis precisam de iluminação secundária e lâmpadas quentes. (Foto: Divulgação)

Iluminação no quarto das crianças

A iluminação em quartos infantis é muito importante e deve ser tratada com muito cuidado. A luz fraca, muitas vezes colorida, deixa o ambiente mais doce e aconchegante, ajudando a criança a se sentir confortável com o ambiente mais escuro, de modo que a tarefa de colocar as crianças para dormir se torna muito mais fácil, até mesmo quando se trata de bebês.

Como economizar energia elétrica

Top