Erros na hora de escolher um biquíni

Erros na hora de escolher um biquíni

Estamos no verão e, com ele, vêm às vitrines incontáveis modelos de biquíni, principalmente os que são tendências para a estação. A variedade é,…

Por Editorial MDT em 07/02/2015

Estamos no verão e, com ele, vêm às vitrines incontáveis modelos de biquíni, principalmente os que são tendências para a estação. A variedade é, realmente, muito grande, mas será que todos eles ficam bem nos diferentes tipos de corpo? Não é novidade para as mulheres o fato de existirem truques de moda para disfarçar certas características físicas. Porém, existem muitas pessoas que não levam em consideração o tipo de corpo que têm, ao escolher seus looks de banho. É preciso entender tais truques para que não se cometam erros na hora de escolher biquíni, já que este é um tipo de “roupa” que deixa o corpo, quase totalmente, à mostra. Uma escolha atenciosa e consciente permite valorizar o que se tem de bonito. Por isso, selecionamos alguns dos principais deslizes cometidos pelas mulheres, em relação aos tipos físicos mais comuns, entre elas.

Nem sempre um lindo biquíni fica bem em todos os corpos (Foto: Divulgação)

Nem sempre um lindo biquíni fica bem em todos os corpos (Foto: Divulgação)

Erros na hora de escolher um biquíni

Escolha errada para o tamanho dos seios

Este é um dos principais erros na hora de escolher o sutiã do biquíni. Existem mulheres com busto pequeno ou grande demais e isso deve ser observado, com atenção, ao comprar os trajes de banho. É grande a preferência pelo biquíni em estilo cortininha, mas este modelo não é adequado para aquelas que têm poucos seios. É preferível optar pelos modelos estruturados, com bojos, pois estes aumentam o busto. Além disso, os tecidos com detalhes, como drapeados, plissados, bordados ou babadinhos também aumentam a região.

Seios pequenos ficam melhores com biquínis mais estruturados. Percebe-se a diferença, entras as duas atrizes (Foto: Divulgação)

Seios pequenos ficam melhores com biquínis mais estruturados. Percebe-se a diferença, entras as duas atrizes (Foto: Divulgação)

Por outro lado, quem tem seios grandes deve evitar biquínis com sutiãs pequenos e frágeis. Os modelos com aro, estruturados e com alças grossas que se amarram no pescoço, formando um decote frente única, são os biquínis que disfarçam seios grandes, fazendo com que fiquem firmes e empinados. Porém, é preciso ter atenção. O tamanho da peça deve permitir um encaixe perfeito do busto. É um grande erro optar por modelos pequenos e apertados.

Escolha errada para os quadris e cintura

Quadris estreitos precisam de calcinhas com detalhes que os aumentem (Foto: Divulgação)

Quadris estreitos precisam de calcinhas com detalhes que os aumentem (Foto: Divulgação)

Outro erro comum é quando a mulher tem quadril estreito e opta por biquínis sem nenhum detalhe que aumente a região. Lacinhos e elásticos laterais menores são os mais indicados para este tipo de corpo. Também é importante dar preferência aos tecidos estampados, principalmente com linhas horizontais, que alongam o quadril. Já as que têm esta região mais volumosa devem fazer o contrário: peças lisas, monocromáticas e, preferencialmente, em cores escuras. Neste caso, se os ombros tiverem medidas menores do que as do quadril, a dica é apostar em tecidos estampados, no sutiã. Para não errar na hora de escolher o biquíni, é preciso optar por peças que causem a ilusão de que certas partes do corpo são diferentes. Com isso, obtém-se equilíbrio de formas, deixando o look ainda mais bonito.

Aprenda mais: Como escolher estampa de biquíni

Veja as peças indicadas para quem está acima do peso: Biquíni para gordinhas: como escolher

Top