Entenda doença que deixou mulher com barba

Entenda doença que deixou mulher com barba que ganhou notoriedade na internet. Você com certeza já escutou muitas piadas com mulheres com barba sendo…

Entenda doença que deixou mulher com barba que ganhou notoriedade na internet. Você com certeza já escutou muitas piadas com mulheres com barba sendo vistas como aberrações e atrações de circo, mas saiba que essa pode ser a realidade de muitas mulheres pelo mundo. Isso porque muitas dessas mulheres simplesmente tem doenças hormonais ou até a síndrome do ovário policístico, que pode ter como sintoma o excesso de pelo.

Entenda doença que deixou mulher com barba (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: O que é ovário policístico

Entenda doença que deixou mulher com barba

Entenda doença que deixou mulher com barba, mas antes, relembre a história dessa jovem. A inglesa de 24 anos de idade chamada Harnaam Kaur cansou de sofrer preconceito por causa dos sintomas de uma doença que possui: a síndrome do ovário policístico. Ela decidiu deixar a depilação de lado e cultivar uma barba longa. A moça foi ao programa de TV inglês ‘This Morning’ para falar que decidiu também fazer um filme para mostrar os danos que o bullying pode causar em sua vida. “Eu não acredito que a gente tenha que ter uma certa aparência para ser rotulada como uma mulher”, explicou Harnaam Kaur.

Moça com barba (Foto: Divulgação)

Jovem tenta tirar a própria vida por causa de doença

Chateada com tudo o que aconteceu, a jovem começou a se auto machucar e ainda tentou acabar com a vida. Há 8 anos ela decidiu parar de fazer a barba e a assumir que tem mesmo barba, mas que continua sendo mulher. O assédio moral e as piadas ao seu respeito são muitas, e com isso, ela teve muitos problemas para se aceitar.

Leia Também:  Feng Shui: Aprenda a aplicar o Ba-guá

Saiba mais informações sobre: Ovários policísticos: quais os sintomas?

 

jovem luta contra preconceito (Foto: Divulgação)

O que é o ovário policístico?

Os ovários são dois órgãos localizados um de cada lado do útero,  sendo eles os responsáveis pela produção dos hormônios sexuais femininos e por acolher os óvulos que a mulher traz consigo desde o ventre materno. De 20% a 30% das mulheres podem ter pequenos cistos no ovário, ou seja, pequenas bolsas que retém liquido ou até que são semi-sólidas. Somente 10% dos cistos nos ovários têm sintomas, como a barba da inglesa.

Jovem tentou até acabar com sua vida por causa de preconceito (Foto: Divulgação)

Obesidade ajuda nos problemas com o ovários policístico

Estar acima do peso pode te fazer ter ovário policístico, ou seja, muitos cistos ao longo do seu ovário. O peso a mais acaba aumentando a produção hormonal e ainda agravando crises de insulina. As pessoas precisam, primeiramente, cuidar do seu peso e depois com certeza terão mais chances de não ter mais esse ovário policístico.

Sintomas da síndrome do ovário policístico

O aumento de peso no rosto, seios e abdômen mostram um sintoma de que pode ter esse mal. Também pode ter problemas de engravidar por conta desse mal e acne por causa do excesso hormonal que pode causar a síndrome. As causas especificas desse mal não foi estabelecida, mas cuidar do peso e das dosagens hormonais podem te ajudar. O tratamento pode ser feito com anticoncepcional e emagrecimento.

Top