Entenda Como o Psicológico Afeta a Pele

A pele é um dos cartões de visita do mundo estético. Estar sempre em dia com a mesma é importantíssimo para muitas pessoas. Mas…

A pele é um dos cartões de visita do mundo estético. Estar sempre em dia com a mesma é importantíssimo para muitas pessoas. Mas comprar toneladas de cremes faciais nem sempre é a solução para deixa-la perfeita. É preciso também cuidar da mente e do emocional. O psicológico pode interferir intensamente em nossa saúde, seja da pele ou de demais partes do corpo, como cabelo, funcionamento dos órgãos internos e por aí vai. O estresse é o principal vilão. A maioria dos pacientes que apresentam problemas de pele apresenta distúrbios emocionais, como o stress.

É uma patologia séria e é chamada de psicodermatose, que, segundo especialistas, é toda doença de pele causada por algum problema psicológico. Muitos não têm ideia de como o psicológico afeta a pele, mas dados mostram que isso é totalmente possível e acontece mais do que se imagina. Mas porque esse reflexo? Isso se deve ao fato do sistema nervos e a pele estarem totalmente ligados. Ambos partilham a mesma origem, da ectoderma, a camada mais externa das células embrionárias.

As consequências da psicodermatose podem ser as mais diversas, como alergias, escamação, ressecamento, rugas, manchas e assim por diante. Quem já não ouviu que stress causa envelhecimento da pele? Pois é a pura verdade. O desiquilíbrio emocional, não só o stress como também tristeza e depressão, pode causar problemas de pele. São problemas que aparecem do nada e sem nenhum motivo aparente. Ao chegar no dermatologista, ele pode te explicar que tudo isso está ligado ao seu lado emocional.

Muitos especialistas vêm pesquisando sobre como a psicológica afeta o corpo. São os mais diferentes reflexos e ações. Cabe ao dermatologista encontrar a origem desse stress ou então desiquilíbrio das emoções, o que pode ser uma tarefa delicada e complicada. Encontrar o motivo pelo qual a pessoa está passando por momentos íntimos confusos e difíceis é uma tarefa para profissionais mesmo.

Leia Também:  Dicas para seu cabelo crescer rapidamente

Os reflexos do psicológico na pele vão dos mais simples aos mais complexos. Você pode ter desde uma simples alergia até uma grave doença. Isso mesmo! Por esse e outros motivos é que é preciso estar sempre de bem consigo mesmo, com seu psicológico, com seu lado emocional. Muitos dos pacientes nem desconfiam que os problemas podem estar ligados ao psicológico, o que torna mais difícil o tratamento.

O ideal é que o tratamento seja multidisciplinar, incluindo dermatologista e psicanalista ou psicólogo trabalhando juntos para solucionar o problema da mente e da pele. Consulte os especialistas no assunto e encontre o tratamento ideal para a sua complicação. A pele deve estar sempre bem tratada, pois é a proteção para todo o resto do seu organismo. Os problemas podem aparece em qualquer parte do corpo, como face, braço, perna, barriga e assim por diante. Fique atento.

Top