Entenda as diferenças entre as vacinas da gripe

Entenda as diferenças entre as vacinas da gripe. Esse método de prevenção, disponível na rede particular e no SUS, previne de 70 a 90%…

Por Isabella Moretti em 04/04/2016

Entenda as diferenças entre as vacinas da gripe. Esse método de prevenção, disponível na rede particular e no SUS, previne de 70 a 90% dos casos de gripe. Leia a matéria e conheça melhor as opções de vacina.

Entenda as diferenças entre as vacinas da gripe. (Foto Ilustrativa)

Entenda as diferenças entre as vacinas da gripe. (Foto Ilustrativa)

A gripe é uma infecção bastante comum, que afeta o trato respiratório. Quando a pessoa contrai o vírus, ela pode apresentar uma série de sintomas, como tosse seca, dor de garganta, febre, dor muscular e dor de cabeça. Essas reações do organismo desaparecem em questão de dias, mas podem ser amenizadas com a administração de analgésicos e antitérmicos.

Leia mais: Gripe ou Resfriado: Qual a Diferença?

Mesmo não sendo uma doença séria, a gripe deixa muitas pessoas de cama e causa um grande mal-estar. Na pior das hipóteses, o paciente pode desenvolver complicações, como é o caso da pneumonia. Para não deixar o vírus da gripe se manifestar no corpo, muitos optam por tomar a vacina preventiva.

Entenda as diferenças entre as vacinas da gripe

Basta chegar o outono para as pessoas contraírem gripe com mais facilidade. Para evitar a infecção, é preciso recorrer à vacinação. Entenda as diferenças entre as vacinas da gripe:

Vacina contra gripe trivalente

A vacina trivalente, como o próprio no já diz, é capaz de proteger de três tipos diferentes de vírus da gripe. Ela é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e, no Brasil, é oferecida gratuitamente pela rede pública de saúde. Mulheres grávidas e pessoas com mais de 60 anos de idade podem solicitar a dose no posto.

A trivalente é disponibilizada pelo SUS e combate três tipos de vírus. (Foto Ilustrativa)

A trivalente é disponibilizada pelo SUS e combate três tipos de vírus. (Foto Ilustrativa)

No Brasil, a vacina trivalente contra gripe age contra o vírus H1N1, H3N2 e influenza B. O último tipo mencionado, por sua vez, se divide em três opções: fracionado, subunidades e inteiros.

A composição da vacina inclui uma série de substâncias que combatem o vírus, como polimixina e timerosal (antibióticos).

Saiba mais: Gripe: Sintomas Da H1N1

Vacina contra gripe tetravalente

A vacina tetravalente imuniza o corpo de quatro tipos de vírus da gripe, incluindo o temido H1N1. Ela está disponível à venda nas clínicas particulares. Ela custa de R$110,00 a R$130,00.

O Ministério da Saúde vai iniciar a distribuição de vacinas contra a gripe 2016 no Brasil a partir do dia 1º de abril. No dia 30 do mesmo mês terá início a campanha nacional. No estado de São Paulo, devido aos casos de H1N1, a vacinação começará um pouco antes.

A tetravalente é vendida em clínicas particulares e protege o corpo contra 4 tipos de vírus da gripe. (Foto Ilustrativa)

A tetravalente é vendida em clínicas particulares e protege o corpo contra 4 tipos de vírus da gripe. (Foto Ilustrativa)

As pessoas que tomaram a vacina contra gripe em 2015 devem repetir a dose em 2016, já que a mesma teve a sua composição atualizada e reforça a proteção do organismo contra os principais vírus.

Veja também: Gripe e pneumonia: diferenças

É importante que você entenda as diferenças entre as vacinas da gripe, pois só assim a prevenção dos principais vírus pode ser realizada. Continue no Mundo das Tribos e veja outras publicações sobre saúde.

 

Top