Emprestar maquiagem traz risco de doenças: saiba mais

Muitas mulheres possuem o hábito de emprestar e até mesmo trocar maquiagens. Isto, no entanto, pode aumentar o risco de contaminação e comprometer a…

Por Isabella Moretti em 12/07/2013

Muitas mulheres possuem o hábito de emprestar e até mesmo trocar maquiagens. Isto, no entanto, pode aumentar o risco de contaminação e comprometer a saúde. Os problemas mais comuns afetam principalmente a pele e os olhos.

As mulheres possuem o costume de compartilhar produtos de maquiagem. (Foto: Divulgação)

Doenças transmitidas por maquiagem

O simples fato de emprestar o batom, a base ou o rímel para alguém pode causar sérios problemas de saúde. A transmissão de doenças infecciosas acontece principalmente quando há uma lesão na pele. Vale lembrar também que os principais vilões da contaminação são as esponjas e pincéis.

A foliculite é uma das doenças que podem ser transmitidas ao emprestar maquiagem. Ela é causada por uma bactéria e os principais sintomas se manifestam através de erupções cutâneas, que se confundem com as acnes. Se uma mulher com foliculite usar base no rosto e emprestar a mesma esponja para uma amiga, ela pode transmitir a doença.

A maquiagem pode transmitir conjuntivite. (Foto:Divulgação)

Outra enfermidade que pode ser transmitida através da maquiagem é a conjuntivite. O problema consiste em uma inflamação da conjuntiva, ou seja, uma membrana fina que reveste o globo ocular. Os sintomas característicos são olhos vermelhos, pálpebras inchadas, coceira e secreções. Se a mulher aplicar sombra ou delineador e, em seguida, emprestar a sua maquiagem, ela pode transmitir a infecção viral.

As mulheres que compartilham de um mesmo batom podem sofrem com herpes, uma doença infecciosa que se caracteriza principalmente pelas lesões que se formam nos lábios.

A contaminação por alguma doença não é percebida logo após a aplicação do produto contaminado. A mulher pode, por exemplo, se maquiar no salão de beleza, ficar linda e perceber um inchaço nos olhos no dia seguinte.

Como evitar a contaminação das maquiagens?

Compartilhar o batom pode transmitir herpes. (Foto:Divulgação)

Confira a seguir dicas para evitar a contaminação das maquiagens:

• Os produtos devem ser armazenados em um ambiente totalmente limpo.

• A maquiagem não deve ser guardada com outros itens que favorecem a contaminação, como é o caso de dinheiro e documentos.

• As esponjas devem ser evitadas na hora de se maquiar, pois elas acumulam bactérias. A mulher conta com outras possibilidades mais seguras, como os pincéis.

• Para evitar a contaminação dos pincéis de maquiagem, é importante lavá-los a cada 15 dias, com shampoo neutro e sem deixar a água escorrer para dentro das cerdas. A secagem dos itens deve acontecer na horizontal.

• Quem vai se maquiar no salão de beleza e não tem confiança nos produtos utilizados deve levar os próprios pincéis de maquiagem.

Top