Empregos em alta no mercado de trabalho 2012

A próxima edição da Copa do Mundo de Futebol está se aproximando e alguns setores do mercado de trabalho se preparam para receber os…

A profissão de garçom é uma das que estão em alta por causa da Copa do Mundo (Foto: Divulgação)

A próxima edição da Copa do Mundo de Futebol está se aproximando e alguns setores do mercado de trabalho se preparam para receber os visitantes. A rede hoteleira, por exemplo, já começou a procurar profissionais que tenham em seu currículo ao menos o conhecimento da língua inglesa e espanhol intermediário ou fluente. Para alguns campos, como atendimento e recepção de hóspedes é mais simples encontrar esse tipo de funcionário, mais capacitado, porém, para alguns setores, como o de limpeza e arrumação do estabelecimento é um pouco mais trabalhoso.

Por isso quem quer garantir ao menos 20% de aumento no salário deve investir em um curso de inglês ou espanhol. Principalmente as pessoas que trabalham com prestação de serviço, como por exemplo, os garçons e taxistas, que terão que dar informações para os clientes de todo o mundo durante a competição. Além desses profissionais, Guias turísticos mais que nunca terão que ter domínio da língua inglesa, para conseguir auxiliar os visitantes no Brasil. E para quem acha que esses cargos estarão em alta somente em 2014 é melhor reavaliar, pois em 2016 o país do futebol será sede dos Jogos Olímpicos.

Profissionais da construção civil estão sendo cada vez mais requisitados (Foto: Divulgação)

Outra área que vem crescendo é a da construção civil. Esse setor está recrutando profissionais graduados, como engenheiro e arquitetos, e também pessoas que possuem conhecimento técnicos em determinadas funções, como é o caso de pedreiros e pintores. A boa notícia para quem quer seguir carreira nesse ramo é que esse mercado continuará em alta por muito tempo, impulsionado pelo programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida.

Leia Também:  Curso de Pintura a Óleo Sobre Tela Gratuito

Contudo, é necessário se especializar, mesmo para os cargos que “não” exigem faculdade. No caso das vagas para postos de prestação de serviço (cozinheiro, garçom, taxista, pedreiro, pintor, entre outros), instituições de ensino como o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) promovem a profissionalização de mão de obra. Os cursos são de curta duração, o que permite conquistar uma colocação no mercado de trabalho rapidamente.

Motorista de táxi deve investir no inglês para melhor atender os clientes (Foto: Divulgação))

As pessoas que estão à procura de um emprego devem observar o cenário nacional com relação ao assunto, pois assim, poderão direcionar o seu futuro profissional, e construir uma carreira sólida em um curto espaço de tempo. Para que isso aconteça, o quanto antes você começar a se profissionalizar melhor será. Veja se na região em que você reside há cursos gratuitos, se não tiver, avalie a sua situação econômica e administre o seu dinheiro de uma forma com que você possa aplicar parte dele nos estudos. Agindo dessa maneira, certamente os frutos virão a curto ou médio prazo.

Top