Embalagens comestíveis para frutas

Algumas frutas podem estragar rapidamente e somente a sua embalagem e a tecnologia disso podem ajudar a salvá-las. Agora, estão pesquisando um tipo diferente…

Por Élida Santos em 25/05/2014

Algumas frutas podem estragar rapidamente e somente a sua embalagem e a tecnologia disso podem ajudar a salvá-las. Agora, estão pesquisando um tipo diferente de embalagens: embalagens comestíveis para frutas. A pesquisa de embalagens de transporte infinitamente e agora tem tecnologia suficiente para amenizar as batidas e os amassados nas frutas. Confira algumas novidades:

Conheça as embalagens comestíveis (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre embalagens criativas: Embalagens criativas de produtos: fotos

Embalagens comestíveis para frutas

Uma equipe composta por quatro cientistas do Laboratório de Embalagens de Alimentos da Embrapa e vários estudantes de graduação, mestrado e doutorado das universidades federal, estadual e de faculdades privadas, estão trabalhando há dois anos no desenvolvimento de várias embalagens para revestimento comestível de frutas.

Pontos positivos das embalagens comestíveis

As embalagens comestíveis funcionam como uma barreira contra fungos e microrganismos e podem ampliar bastante o tempo de prateleira dos alimentos e até de transporte, com mais qualidade nas frutas. A goiaba, por exemplo, com a embalagem comestível consegue durar de 12 a 14 dias e antes isso acontecia só por cinco dias. Se a goiaba for refrigerada com essa embalagem comestível, saiba que ela pode durar 28 dias, quase um mês.

Saiba mais informações sobre: Frutas grelhadas: como fazer, dicas

 

Revestimento para frutas (Foto: Divulgação)

Base da embalagem comestível

A embalagem comestível é composta por goma do cajueiro (Anacardium occidentale) e por cera de carnaúba (Copernicia prunifera). Outra alternativa é cera de abelhas, que também serve como embalagem comestível, assim como o alginato de algas marinhas, mas nesse caso, as pesquisas estão em fase inicial.

As embalagens comestíveis prometem uma revolução no mercado de frutas, pois vão manter o alimento conservado por muito tempo, com ou sem ajuda da refrigeração. Com isso, menos frutas vão estragar e o desperdício será melhor, com produtividade maior.

Top