Em fases distintas, São Paulo e Corinthians jogam pela liderança

Vice-líder São Paulo busca vitória para continuar de bem com a vida. Já o Timão vive clima tenso e torcida exige os três pontos no majestoso…

Majestoso desta quarta, no Morumbi, vale a liderança provisória do Brasileirão

Um simples jogo de meio de campeonato entre São Paulo e Corinthians já seria suficiente para mexer com a rivalidade existente entre os dois clubes e que cresce a cada novo confronto. Mas a partida desta quarta-feira, às 21h50, no estádio do Morumbi, reserva um ingrediente especial: tricolores e alvinegros estão colados na tabela de classificação, brigam diretamente pelo título e quem vencer assume provisoriamente a liderança do Brasileirão, já que o Vasco (atual líder) entra em campo só na quinta-feira.

Na segunda posição, com 44 pontos, o São Paulo vai embalado para o duelo depois da vitória por 4 a 0 sobre o Ceará, na última rodada. Por sua vez, o Timão, terceiro colocado, com 43 pontos, tenta a reabilitação após duas derrotas seguidas, a última para o Santos de virada por 3 a 1, no domingo.

Mistério no Tricolor!

A tão esperada reestreia do atacante Luis Fabiano com a camisa do São Paulo segue sem definição. O camisa 9 não participou do último treinamento com o grupo e tudo indica que ele não enfrentará o Corinthias. Porém, a diretoria e os membros da comissão técnica não se manifestaram em nenhum momento sobre o assunto, deixando a dúvida no ar.

De certo apenas o retorno do atacante Dagoberto, que cumpriu suspensão automática na última rodada. Com Dagol de volta, Henrique perde a vaga entre os titulares. Nas demais posições, o técnico Adilson Batista deve manter a mesma base da equipe que venceu o Ceará, no sábado. O volante Denilson, recuperado de um estiramento na coxa esquerda, começa o jogo como opção no banco de reservas.

Para o duelo, uma das apostas do São Paulo é o estádio do Morumbi e o time conta com o apoio de seus torcedores para o clássico. “É sempre importante vencer no Morumbi. É a nossa casa. Vencemos os dois últimos jogos lá e temos de seguir com esta personalidade para vencer o clássico. Certamente a torcida vai nos ajudar bastante e precisaremos de 100% de apoio das arquibancadas”, declarou Rivaldo ao site oficial do clube.

Leia Também:  Zagueiro Paulo André renova com o Corinthians até 2014

Timão busca a recuperação

Com duas derrotas consecutivas, o clima no Corinthians não é dos melhores. A torcida pressiona o time por uma vitória e já elegeu um dos vilões da má fase: o técnico Tite. Apesar da desconfiança da torcida alvinegra em seu trabalho, Tite tem o apoio irrestrito do presidente Andrés Sanches. Porém, um fantasma pode assombrar o comandante corintiano. Em toda a história de confrontos do majestoso, nada menos do que 15 treinadores do Timão já foram demitidos depois de revés diante do Tricolor.

Para evitar uma nova derrota e, consequentemente, aliviar um pouco a pressão, Tite sinaliza com algumas mudanças na defesa titular. Capitão da equipe, o zagueiro Chicão perdeu a vaga para Wallace. Além disso, com o desfalque do lateral-esquerdo Ramón, vetado pelo departamento médico por conta de uma lesão na coxa direita, Leandro Castán será deslocado para o lado esquerdo e Paulo André ganha uma chance no miolo de zaga do Timão.

De acordo com Tite, o entrosamento dos zagueiros o ajudou a tomar essa decisão. “Wallace e Paulo André treinaram muito tempo juntos. A minha decisão é começar o jogo com Wallace, Paulo e Castán na esquerda”, explicou o treinador em entrevista ao site do clube. Tite falou ainda sobre a importância de uma vitória na quarta. “Nesse momento é importante vencer para mostrar consciência, lucidez e que a equipe sabe absorver a pressão, jogar bem e ter maturidade para retomar a liderança”, finalizou ele.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X CORINTHIANS

São Paulo: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos Paraíba, Casemiro e Cícero; Lucas e Dagoberto. Técnico: Adilson Batista

Corinthians: Julio Cesar, Alessandro, Paulo André, Wallace e Leandro Castán; Ralf, Paulinho e Alex; Willian, Liedson e Emerson. Técnico: Tite.

Leia Também:  Artilheiros São as Esperanças de Corinthians e Santos no Clássico Alvinegro

Árbitro: Wilson Luiz Seneme/SP

Auxiliares: Roberto Braatz/RS e Altemir Hausmann/RS

 

Top