Efeitos colaterais da lipoaspiração

A lipoaspiração é uma das cirurgias mais procuradas no mundo da estética. O procedimento pode ser aplicado em diferentes partes do corpo, mas é…

Por Editorial MDT em 01/11/2011

A lipoaspiração é uma das cirurgias mais procuradas no mundo da estética. O procedimento pode ser aplicado em diferentes partes do corpo, mas é na região abdominal o local mais comum. Não há cortes, nem grandes cicatrizes, mas o pós-operatório é delicado e dolorido. É uma dor suportável, mas bastante incômoda. São necessários diversos exames antes da realização da cirurgia, o que pode evitar consequências negativas, no futuro.

A dor é um dos principais efeitos colaterais da lipoaspiração. O “caninho” usado no procedimento de sucção da gordura passa próximo aos músculos. O movimento é intenso e pesado. Esse é um dos motivos da dor.  Outro efeito é a dormência na região pubiana. Isso acontece tanto em homens quanto em mulheres. É comum pela anestesia. Essa sensação pode durar, em média, 10 dias. O desconforto pode começar já com a aplicação da anestesia, antes do paciente adormecer.

O inchaço também pode ser considerado um efeito colateral. Ele pode aparecer em toda a região tratada pela lipoaspiração, como no pulso, em caso de lipo no braço. O inchaço gera um certo desconforto. A drenagem linfática é uma massagem recomendada para acabar com ele. É um tratamento usado para a redução de medidas, de gordura localizada e também de celulite, mas é indicada para remover o inchaço do pós-cirúrgico.

Os perigos da lipoaspiração devem ser comentados pelo médico, antes de marcar a cirurgia. As recomendações são para ajudar e preparar o paciente e não fazê-lo desistir da cirurgia. Todo procedimento cirúrgico envolve riscos e possíveis efeitos colaterais, o mesmo acontece com a lipoaspiração. Um efeito comum entre as mulheres é a desregulação do ciclo menstrual, mas, depois de uns dois meses, volta ao normal.

Os problemas da lipoaspiração acontecem normalmente com médicos irresponsáveis ou ainda inexperientes. Por isso, antes de qualquer decisão, escolha um profissional capacitado e reconhecido no setor. Faça todos os exames, converse abertamente com o médico. Os efeitos aparecem mais na região tratada e passam com o tempo. Vermelhidão, hematomas, inchaço, carocinhos e assim por diante. Tudo isso pode ser tratado e há uma melhora com alguns dias.

O resultado final da cirurgia aparece depois de dois meses. Por isso, antes disso, não fique assustado achando que o procedimento “não deu certo”. A lipoaspiração causa muito inchaço, mas depois que ele desaparece, o resultado aparece.

Top