Economizar no casamento: dicas

O casamento é um acontecimento mágico na vida de duas pessoas que se amam. No entanto, decidir os detalhes da cerimônia e da festa…

O casamento é um acontecimento mágico na vida de duas pessoas que se amam. No entanto, decidir os detalhes da cerimônia e da festa costuma ser bastante complicado, em especial quando o orçamento está apertado.

Ao organizar o casamento, é possível fazer economia. (Foto:Divulgação)

Dicas para um casamento econômico

Confira a seguir algumas dicas para economizar no casamento:

• Ao definir o convite, o papel deve ser barato e nacional. Na hora de optar por um modelo, vale lembrar que a simplicidade é sinônimo de bom gosto e economia;

• Quanto mais formal é um casamento, mais caro ele fica, por isso vale a pena dispensar alguns itens tradicionais que comprometem o orçamento;

• Os noivos precisam saber priorizar aquilo que é mais importante na lista de preparativos. Os especialistas recomendam fazer uma relação com aquilo que é essencial e aquilo que é secundário;

• É fundamental fazer uma pesquisa de fornecedores para contar com os melhores preços e serviços de qualidade;

A pesquisa de fornecedores é fundamental para encontrar os melhores preços. (Foto:Divulgação)

• Ao invés de realizar uma grande festa, os noivos podem organizar um mini wedding. Este conceito está super em alta e é caracterizado por uma celebração com no máximo 100 convidados;

• Se os noivos estão cortando despesas do casamento, eles devem aproveitar as habilidades dos parentes e amigos. O primo que é fotógrafo ou a tia que trabalha com confeitaria podem fazer preços mais acessíveis;

• Para decorar a festa ou igreja, é importante optar por flores da estação. Elas são mais fáceis de encontrar e mais baratas do que as demais espécies fora de época;

Leia Também:  Aprenda a controlar os seus gastos

• Ao invés de comprar, é recomendado alugar o máximo de coisas possível;

• O segundo aluguel do vestido de noiva é sempre mais barato. Desta forma, quem deseja faze economia não deve prezar tanto pela exclusividade;

•Para evitar desperdícios, a quantidade de comida e bebida precisa ser bem calculada;

Um casamento para poucos convidados é uma forma de poupar dinheiro. (Foto:Divulgação)

• Os gastos do casamento podem ser minimizados se os noivos convidarem amigos músicos para tocar na festa;

• Os meses mais caros para casar são maio, setembro e dezembro. Desta forma, eles devem ser evitados;

• Realizar o casamento durante o dia é uma opção mais econômica, afinal as pessoas bebem menos e não é preciso investir em uma iluminação tão pesada;

• Para baratear o custo da cerimônia e da festa, vale a pena se casar em um dia de semana;

• Todos os itens do casamento podem ser beneficiados com economia, mas é importante tomar cuidado para não comprometer a qualidade. Os noivos não devem cometer o erro, por exemplo, de comprar bebidas de marcas desconhecidas;

• Ao conversar com os fornecedores, os noivos não podem ter vergonha de pedir descontos ou brigar pelos menores preços. Se algo não sair como foi combinado, também é importante reclamar;

• Para não sofrer com contratempos ou dificuldades, os noivos devem primeiramente juntar dinheiro para casar.

Top