E-reader: vale a pena comprar?

O mês de dezembro de 2012 marcou a chegada ao Brasil de dois aparelhos para a leitura de livros digitais, o Kindle, da Amazon,…

Por Andre em 08/01/2013

O mês de dezembro de 2012 marcou a chegada ao Brasil de dois aparelhos para a leitura de livros digitais, o Kindle, da Amazon, e o Kobo Touch, da Kobo, gerando dúvidas em muita gente com relação à compra de tais dispositivos.

O Kindle é um dos e-readers mais conhecidos em todo o mundo (Foto: Divulgação)

O motivo das dúvidas surge principalmente por causa da popularização dos tablets, que entre os diversos recursos, oferecem a possibilidade de leitura de e-books. Porém, os e-readers têm uma grande vantagem em relação aos tablets, que está na tela de e-ink.

Os displays que contam com essa tecnologia proporcionam uma imagem muito mais natural que as telas de LCD ou LED que equipam os tablets atualmente, gerando imagens parecidas às de uma página impressa em papel, com pouquíssimo reflexo, sendo ideais para a leitura em ambientes externos.

Além de serem ótimas para a leitura de livros digitais sob a luz do sol, as telas de e-ink dos e-readers contam com alta definição de texto e são menos cansativas para quem passa muitas horas lendo, ao contrário das telas dos tablets.

Saiba mais: Kindle: e-reader, informações, preços

Recursos oferecidos pelos e-readers

Um grande diferencial do e-reader em relação ao tablet está na tela anti-reflexiva (Foto: Divulgação)

Para quem está em dúvida se vale a pena comprar um e-reader ou se é melhor optar por um tablet, algo que deve estar em mente é que o e-reader é um aparelho destinado exclusivamente à leitura de livros digitais, até mesmo porque as telas de e-ink só exibem conteúdo em preto e branco ou em tons de cinza.

Apesar disso, não faltam vários recursos nos e-readers, como conexão Wi-Fi para baixar os livros digitais; porta USB para a transferência de dados; processadores que garantem um bom desempenho; anotações nos textos e compartilhamento de informações no Facebook (em alguns modelos); e boa capacidade de armazenamento interno, permitindo guardar milhares de livros.

O e-reader é bastante leve e compacto, cabendo facilmente no bolso (Foto: Divulgação)

Outro diferencial está na autonomia da bateria. De acordo com os fabricantes, a maioria dos aparelhos tem baterias que duram mais de 30 dias. Além disso, os leitores de livros digitais são bastante compactos e leves, pesando menos de 200 gramas e contando com tela de 6 polegadas, e geralmente trazem dicionários embutidos e são compatíveis com vários formatos de texto e imagem.

Conheça: Kobo, e-reader – informações, preços

Preços de e-readers

Os e-readers também possuem bateria de longa duração e conexão Wi-Fi, para comprar os livros digitais no próprio aparelho e até para compartilhar trechos de obras nas redes sociais (Foto: Divulgação)

Portanto, se você quer um aparelho somente para a leitura de e-books, pode ser vantajoso investir na compra de um e-reader, até mesmo porque é fácil encontrar diversos livros digitais gratuitos ou com preços mais baixos que algumas versões impressas.

Os interessados em comprar os aparelhos recém-lançados no país vão encontrar o Kindle no site do Ponto Frio (R$ 299,00) e o Kobo Touch no site da Livraria Cultura (R$ 399,00).

Top