E-mail com vírus – saiba como identificar

Mesmo com algumas pessoas priorizando os contatos via internet através das redes sociais ou de comunicadores instantâneos, os e-mails ainda são bastante usados, principalmente…

Por Andre em 15/02/2012

Os e-mails com vírus podem causar sérios danos ao computador

Mesmo com algumas pessoas priorizando os contatos via internet através das redes sociais ou de comunicadores instantâneos, os e-mails ainda são bastante usados, principalmente no envio de propagandas de produtos e empresas. Aproveitando-se disso, os criminosos virtuais estão cada dia mais espertos e sempre inovando nas tentativas de roubar senhas e dados de quem aparecer pela frente.

E praticamente nenhum internauta fica livre dessas tentativas de golpe. Quem nunca recebeu mensagens com os títulos “Veja as nossas fotos”, “Sua conta será cancelada”, “Você acaba de ganhar uma viagem”, “Retire o seu nome do SPC/Serasa sem pagar nada”, “Atualize seus dados no Banco ‘X’”, “Você foi intimado para um processo de investigação”, “Imprima o seu comprovante de compra”, entre tantas outras do tipo, que atire a primeira pedra.

Para facilitar ainda mais a leitura do e-mail pelo destinatário, os autores das mensagens estão enviando os vírus através de contas de e-mails de pessoas conhecidas. De uma forma de outra, eles conseguem invadir determinada conta e começam a enviar os famosos spams para todos os contatos da lista daquele usuário. Desta forma, é muito comum recebermos e-mails de pais, mães, amigos, namoradas, esposas, filhos e outros conhecidos com títulos bastante estranhos.

Outra forma de atiçar a curiosidade alheia e forçar a leitura dos e-mails maliciosos é escolher algum tema do momento, por exemplo um acidente ou a morte de algum famoso, colocando um link para ver fotos ou acessar dados que ainda não foram revelados sobre aqueles fatos.

Perigos

Os criminosos virtuais usam nomes de instituições para enviar mensagens com vírus

Na maioria dos casos, se você somente abrir a mensagem não há perigo de ser contaminado pelo vírus. O perigo está em abrir anexos ou clicar nos links contidos nestes e-mails. Mas há relatos de internautas que foram contaminados apenas pela leitura da mensagem.

Os links podem levar para páginas falsas de bancos, lojas e outras instituições, e quando o internauta digita algum dado (login, senha, números de contas e cartões), os dados acabam sendo roubados. Pode ainda acontecer destes links levarem a instalação de algum arquivo malicioso em seu computador, os trojans ou cavalos de troia, que irão armazenar e enviar ao autor da mensagem todos os dados que forem digitados na máquina infectada, mesmo tipo de ação realizado pelos anexos infectados.

Como identificar e-mails falsos

Mantenha o antivirus sempre atualizado para evitar qualquer problema

Quando receber algum e-mail com título estranho ou de remetentes desconhecidos, a melhor coisa a fazer é mandar direto para a lixeira, sem abrir a mensagem. Caso você queira verificar a autenticidade antes de eliminar o e-mail, entre em contato com a pessoa ou instituição que lhe mandou a mensagem.

Neste caso, use outro canal de contato, o telefone, por exemplo, para saber se o seu amigo ou aquela empresa realmente lhe enviou o e-mail que você desconfiou se tratar de um vírus.

Outra dica é configurar os filtros de spam do seu e-mail para barrar essas ameaças. Além disso, mantenha o sistema operacional de seu computador sempre atualizado, assim como os programas antivírus e detectores de malware, que são boas ferramentas para evitar a infecção.

Top