Dores pélvicas durante a gestação: como aliviar

A dor na região pélvica é muito comum durante a gestação. Em torno da metade das gestantes sofrem de algum tipo de dor nas costas ou na pelve. Durante a gestação, seu corpo produz um hormônio chamado relaxina, que torna mais elástico os ligamentos e outras articulações. Saiba mais sobre o assunto e veja como aliviar as dores pélvicas durante a gestação.

Durante a gestação as dores pélvicas são comuns. (Foto: divulgação)

Dores pélvicas na gestação

Durante a gravidez, a postura e a força muscular se modificam assim como a movimentação nos lados direito e esquerdo da pelve. Com tudo isso, as articulações, ligamentos e músculos da região pélvica acabam sendo mais pressionados. Na maior parte das vezes, a dor pélvica da gravidez acontece somente de um lado e pode se concentrar nas nádegas. Ela pode causar a impressão de estar pulando de um lado para o outro, ou ainda ser acompanhada por uma dor nas costas ou por dor na parte da frente da pelve.

A dor pode se irradiar pelas nádegas ou pela parte de trás das pernas. É possível sentir também dor nos quadris. Uma perna ou as duas podem ficar mais fracas, ou ainda pode ser que você tenha dificuldades em levantar as pernas, principalmente quando estiver deitada. Andar ou se levantar da posição sentada são ações que podem contribuir para a dor. O mal-estar piora á noite e sua intensidade está relacionada com as atividades diárias. Abrir as pernas, especialmente agachada e deitada, também pode causar muita dor.

As dores pélvicas causam grande incomodo para a mulher. (Foto:divulgação)

Como aliviar dores pélvicas durante a gestação

1. Se você sente dores ao se virar de um lado para outro lado da cama, tente ficar de joelhos, trazendo-os o mais perto possível do peito. Contraia a musculatura da barriga e do assoalho pélvico e role para frente para se sentar. Esse movimento ajuda a manter a pelve no lugar.

2. Evite deitar de barriga para cima, especialmente com as pernas esticadas. Se tiver que ficar nessa posição, coloque uma toalha ou travesseiro enrolada atrás das costas, na altura da cintura e dobre os joelhos. Procure posições mais confortáveis e o mesmo vale para as massagens.

3. Evite fazer todos os esforços que agrave a dor. Quando a dor piora, ela pode demorar ainda mais para melhorar. Ao caminhar, faça um breve arco com as costas e balance os braços, como em uma marcha. Isso também ajuda a fixar a pelve.

4. Pratique os exercícios regularmente, já que eles ajudam no fortalecimento das articulações da pelve.

5. Evite levantar pesos ou empurrar objetos mais pesados como móveis. Os carrinhos de supermercado podem ser um tormento.  Sempre que possível, utilize os serviços de entrega dos supermercados ou peça ajuda de alguém.

6. Procure a descansar sempre que possível. Não exagere nos esforços físicos. Em muitos casos, você só irá sentir os resultados em um dia mais agitado na hora de dormir. A aplicação de uma bolsa de água quente para aliviar a dor.

Os exercícios ajudam a aliviar as dores pélvicas. (Foto: divulgação)

As dores pélvicas causam grandes incômodo durante a gestação. Elas podem ser causadas por vários fatores. Esses problemas podem ser evitados com alguns cuidados básicos. Aposte nas dicas de como evitar dores nas costas na gestação.

Reply