Dor após as relações sexuais: o que pode ser?

Leia a matéria “Dor após as relações sexuais: o que pode ser?” e descubra como superar esse problema que aflige milhares de mulheres. Quando o sexo se torna doloroso, uma noite que seria de prazer acaba se transformando em um verdadeiro pesadelo. É preciso conhecer as causas da dor e também buscar a solução mais adequada.

Muitas mulheres sentem dor durante a relação sexual, sendo essa uma das principais responsáveis pelas graves consequências à vida do casal. Sua origem pode estar relacionada a alterações anatômicas, psicológicas ou patológicas. Conheça as principais causas de dor durante a relação sexual.

Leia mais: 10 causas de dor no sexo

Dor após as relações sexuais

A dor pode ser sintoma de algum problema mais sério de saúde. (Foto: Divulgação)

Dor após as relações sexuais: o que pode ser?

Nos tópicos abaixo, você vai saber tudo sobre dor após as relações sexuais: o que pode ser.

Sentir dor apos a relação é normal ?

Diferente do que muita gente pensa, a dor não deve fazer parte da atividade sexual. Caso ela esteja presente, é preciso que a mulher procure um atendimento médico o quanto antes, para descobrir a causa do problema. A dor durante o ato sexual pode estar relacionada a fatores orgânicos, ou seja, infecções e inflamações ou a fatores de âmbito psicológico. Geralmente a dor relacionada a fatores orgânicos pode apresentar outros sinais e sintomas como:

  • Dor ao urinar;
  • Corrimento vaginal;
  • Coceira vaginal;
  • Dor no pé da barriga.

Causas da dor após o sexo

Feridas no colo do útero

Em muitos casos, o primeiro sintoma apresentado por uma mulher que possui ferida no colo do útero é a dor durante a relação. Isso ocorre pois, durante o ato sexual, é comum o pênis tocar o colo uterino.  Em geral, a presença da ferida está relacionada a uma infecção do órgão genital feminino e, além da dor, a mulher pode apresentar sangramento após a relação.

Tumores, cistos e má formação

A presença de tumores no órgão genital feminino pode causar dor e até mesmo sangramento durante o sexo. O mesmo ocorre com cistos ovarianos, endometriose e más formações genitais.

Veja também: Disfunções sexuais femininas: principais causas

Fatores emocionais

Após descartar todas as prováveis hipóteses patológicas que poderiam justificar a presença de dor durante a relação, o médico pode questionar a mulher em relação a fatores emocionais. As relações sexuais para serem prazerosas precisam ser consentidas e desejadas. Além disso, é preciso existir um envolvimento sentimental e com baixo nível de estresse. Assim, quando a relação sexual é praticada sem interesse ou excitação, pode resultar além da dor, uma relação não prazerosa.

Como tratar a dor após o sexo?

Se a dor insiste em aparecer depois do sexo, significa que alguma coisa está errada. O ideal é buscar ajuda especializada para resolver o problema. Consulte primeiro um ginecologista para verificar se está tudo certo com o corpo. Se os exames não indicarem nenhum problema, então é recomendado consultar um psicólogo ou psiquiatra.

As relações sexuais devem ser vistas como fontes de prazer. Porém, nem sempre são manifestadas dessa forma, pois muitas mulheres apresentarem dor durante o ato sexual. Diante de dor durante a relação, o ideal é buscar um acompanhamento médico especializado. Através dele é possível investigar quais fatores estão relacionados ao problema, incluindo as causas físicas e emocionais, para depois definir um tratamento específico para cada caso.

Os profissionais que você pode e deve procurar são: Ginecologista, Urologista, Psicólogo ou Psiquiatra.

Gostou da matéria “Dor após as relações sexuais: o que pode ser?” Tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário.

7 Comments - Add Comment

Reply