Doping – O que é, Como Funciona?

Olimpíadas em Londres (2012) e no Rio de Janeiro (2016) têm sido um dos assuntos bastante discutidos em rodas de amigos. Temas como estes…

Olimpíadas em Londres (2012) e no Rio de Janeiro (2016) têm sido um dos assuntos bastante discutidos em rodas de amigos. Temas como estes sempre chama a atenção do país visto que o esporte é sempre algo que deixa o brasileiro encantado e emocionado. Por falar em esporte, temos um ponto que sempre provoca preocupação em atletas e técnicos. Estamos nos referindo ao doping, já ouviu alguém mencionar esta palavra? Este é um assunto bastante polêmico. Para ajudá-lo vamos provar que você realmente sabe o que isto significa.

Quando algum atleta se sobressai em alguma competição, logo surge uma suspeita por trás dos bastidores. A dúvida sempre aparece no sentido de indagarmos: Será que o competidor tomou alguma substância? Será que ele venceu porque realmente houve um esforço natural? Para você ter um melhor entendimento sobre isto, vamos falar sobre o doping.


O doping funciona a partir de substâncias proibidas pelas organizações de esportes, de diversas categorias. De uma maneira mais prática, isso ocorre quando o atleta faz a ingestão de alguns produtos que contenham algo que possa alterar o seu metabolismo proporcionando assim, maior resistência física nas provas realizadas. Alguns competidores até conseguem atingir uma capacidade de desempenho três vezes maior que o normal.

Para combater a ação do uso do doping, como então funciona o exame anti-doping? Como ele é realizado? Essas são algumas perguntas que confundem a mente de muitas pessoas que não vivem sem um bom esporte. Para eliminar seu questionamento, vamos então às respostas. O exame é realizado após as competições. Mas muita gente acha que só passa pelo procedimento quem vence as competições e isto é puro engano. Tudo é na base do sorteio. Por isso, o vencedor da prova não é necessariamente o escolhido; a não ser que ele seja o sorteado.

Continuar Lendo  Lojas online de camisas de futebol 

Mas, como detectar se o atleta tomou algum medicamento? Através da urina é possível verificar se houve a ingestão de algum tipo de substância (previamente) proibida causando assim, alguma alteração no organismo. Enfatizamos que algumas drogas são facilmente constatadas mesmo entre 48 ou 78 horas. Algumas substâncias artificiais são facilmente detectadas. Dentre elas estão às drogas ilegais como cocaína, maconha e outras legalizadas tipo analgésicos e anti-inflamatórios.

Como se pode ver, muitos desses elementos são até medicamentos utilizados no combate de dores. Mas, como o atleta irá saber se o medicamento é permitido ou não? O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) possui uma cartilha com todas as substâncias proibidas pela Agência Mundial Antidoping (WADA). Antes de cada edição dos Jogos Olímpicos (mundiais e outros eventos) eles procuram fazer vários exames para prevenir que os atletas comecem as competições com algum tipo de suspeita visando assim, um maior controle preventivo.

Recentemente, o nadador César Ciello (o nadador mais veloz do mundo) fez o exame anti-doping e foi detectado uma substância em sua urina. No entanto, o comitê internacional de natação entendeu que ela não alteraria seu desempenho durante as competições. Mesmo assim, ele recebeu uma advertência para ser mais atencioso quanto ao uso de medicamentos. Como você percebeu, o exame é uma arma para se combater algumas injustiças no esporte visto que é uma forma de incentivar o atleta a cuidar mais da saúde (de forma adequada) para não comprometer o seu futuro bem como o seu rendimento na competição.

Top