Doenças que causam morte natural

A morte natural é aquela que ocorre em consequência a processos como envelhecimento e doenças, como resultado do curso biológico da vida. É o…

A morte natural é aquela que ocorre em consequência a processos como envelhecimento e doenças, como resultado do curso biológico da vida. É o oposto da morte não natural, que é provocada. O problema é que nem sempre a morte acontece como resultado final de uma doença crônica, e pessoas com saúde aparentemente boa, podem ser surpreendidas com acometimentos súbitos e inesperados. Conheça as principais doenças que causam morte natural.

Confira a lista de doenças que mais matam.

O infarto é a principal causa de morte natural. (Foto: divulgação)

Doenças não transmissíveis

De acordo com um relatório publicado pela OMS, cerca de dois terços das mortes que ocorrem ao redor do mundo são determinadas por doenças não transmissíveis, como os problemas cardiovasculares. As mortes naturais causados por doenças correspondem a 36 milhões de mortes por ano, o que equivale a 63% de todos os óbitos. Desse total, apenas 9 milhões de casos são em pessoas com menos de 60 anos.

Principais causas repentinas de morte natural

Entre os vários problemas de saúde responsáveis por mortes repentinas de pessoas sem doença aparente, os mais perigosos e que acometem a população mais frequentemente, são as desordens de origem cardiovascular, correspondendo por 48% dos óbitos.

A primeira posição do ranking, nessa classe de doenças, é ocupada pelo infarto agudo do miocárdio, que afeta principalmente os homens e não costuma cursar com sintomatologia aparente antes do evento agudo, que é fatal em grande parcela dos casos ou severamente incapacitante.

Veja dicas de como identificar um infarto.

O AVC é mais frequente em pessoas hipertensas. (Foto: divulgação)

Em segundo lugar ficam os acidentes vasculares cerebrais, comum entre a população com mais idade. Esse acontecimento, na maioria das vezes súbito e com repercussões graves, ocorre mais frequentemente em indivíduos hipertensos e portadores de más-formações vasculares congênitas. O AVC, como é conhecido, pode ser do tipo hemorrágico ou isquêmico.

Continuar Lendo  Chás para desinchar a barriga

Entenda as causas e consequências do AVC.

Outro problema de saúde que merece destaque, ainda dentro do grupo de doenças cardiovasculares, é o tromboembolismo pulmonar, com alto índice de mortalidade e que acomete, principalmente, mulheres tabagistas em uso de anticoncepcional oral.

Fique por dentro dos sintomas da embolia pulmonar.

Fatores de risco

Apesar de serem eventos agudos e comumente cursarem com sintomas prévios que na maioria das vezes passam despercebidos pelos pacientes, o grupo de risco para desenvolvimento desse tipo de patologia pode ser identificado através de fatores de risco, dentre os quais os mais importantes são etilismo, vida sedentária, má alimentação, hipertensão, dislipidemia e tabagismo.

Conheça os fatores responsáveis pelo maior número de mortes.

O tabagismo é um dos principais fatores de risco. (Foto: divulgação)

As doenças que causam morte natural podem ter surgimento súbito e acometer pessoas sem sinais aparentes de problemas de saúde. Geralmente esses problemas são fatais ou gravemente incapacitantes. Por isso é importante evitar os fatores de risco e fazer checkups de rotina no médico.

Top