Doenças de inverno – Saiba como evitá-las

A queda de temperatura anuncia a chegada de uma estação pouco confortável para muita gente. É a época dos espirros, tosses e de outras…

Por Redacao em 23/05/2016

A queda de temperatura anuncia a chegada de uma estação pouco confortável para muita gente. É a época dos espirros, tosses e de outras consequências desagradáveis. São as chamadas doenças de inverno, ou seja, males que atacam com mais agressividade nos meses mais frios do ano.

As doenças de inverno costumam atacar nos dias mais frios (Foto: MdeMulher)

As doenças de inverno costumam atacar nos dias mais frios (Foto: MdeMulher)

Doenças respiratórias de inverno

Durante o inverno é comum o aumento de doenças respiratórias, e essas tendem a se proliferar. Pois os ambientes são mais fechados, ajudando assim, a proliferação. Os vírus e bactérias aproveitam locais fechados, cheios de gente, para se espalhar e provocar espirros e outros sintomas. O sistema respiratório é o principal alvo desses problemas. O frio junto à baixa umidade do ar, e uma maior concentração dos gases poluentes, é um ímã para esse tipo de enfermidade e quem sofre mais são as crianças e idosos.

As crianças tendem a ficar com infecções respiratórias com mais frequência (Foto: MdeMulher)

As crianças tendem a ficar com infecções respiratórias com mais frequência (Foto: MdeMulher)

Principais doenças de inverno

Dentre as principais doenças de inverno estão: a gripe, a asma, a bronquite, a rinite, resfriados, sinusite, pneumonia, otite e até meningite. São doenças preocupantes, quando não tratadas adequadamente, podem trazer sérias consequências.

A prevenção é o melhor remédio para as doenças de inverno (Foto: MdeMulher)

A prevenção é o melhor remédio para as doenças de inverno (Foto: MdeMulher)

Como evitar as doenças de inverno

É necessário também uma prevenção, isso auxilia a diminuir a proliferação. Para se proteger dessas doenças e de tantas outras, é necessário: tomar bastante líquido, o que não inclui bebida alcoólica; fazer exercícios físicos; comer alimentos ricos em vitamina C, como limão, laranja, abacaxi e acerola; manter limpa as roupas de cama, em especial os cobertores e edredons; evitar lugares fechados e pouco arejados; evitar fumar ou conviver com fumantes; secar roupas no sol; lavar as mãos com frequência. Já para os bebês a amamentação é indispensável, pois garante a proteção da criança.

As crianças são as que mais sofrem com as doenças de inverno (Foto: MdeMulher)

As crianças são as que mais sofrem com as doenças de inverno (Foto: MdeMulher)

Cuidados preventivos

Se prevenir ajuda bastante, porém, não garante que você esteja livre das doenças comuns do inverno. A melhor maneira é evitar contagio com pessoas ou locais de grande aglomeração. Tenha hábitos saudáveis, isso ajudar a diminuir suas chances de adquirir tais doenças. A prática de atividades físicas é muito importante, porém, com o frio é mais indicado fazer atividades em ambiente mais protegidos, ou em horários em que o frio não está muito intenso, como à tarde. As atividades ao ar livre são sempre as mais indicadas, mas se não for possível procure uma academia, mas não fique sem se exercitar.

Então procure seguir essas dicas e não se esqueça de agasalhar-se muito bem ao sair de casa, pois o corpo estando bem agasalhado você não sente frio e evita resfriados.

 

Top