Doença neurológica de Guilherme Karan o deixa deprimido

Guilherme Karan, que interpretou muitos personagens cômicos ao longo da carreira, está isolado em sua casa devido a uma doença neurológica degenerativa.  O ator…

Por Isabella Moretti em 19/04/2012

Guilherme Karan sofre de uma doença hereditária degenerativa.

Guilherme Karan, que interpretou muitos personagens cômicos ao longo da carreira, está isolado em sua casa devido a uma doença neurológica degenerativa.  O ator brasileiro conta com 54 anos e começou a apresentar os primeiros sintomas da sua enfermidade no ano de 2005.

Vários personagens de Guilherme Karan fizeram sucesso na telinha, sobretudo a sua atuação na TV Pirata, programa que modificou a face do humor brasileiro. A última participação de do ator na TV foi na novela ‘América’ da Rede Globo há sete anos. Depois de interpretar o personagem Geraldito, ele desapareceu da mídia devido ao aparecimento dos sinais da doença.

Acredita-se que a saúde do ator tenha sido abalada também por causa de um assalto que ele sofreu em 2005, que resultou no assassinato do taxista que o acompanhava. O acontecimento deixou Guilherme muito abalado e favoreceu o desenvolvimento da sua anomalia.

Guilherme Karan no programa TV Pirata.

Guilherme Karan e a Doença de Machado-Joseph

Guilherme Karan sofre de uma síndrome chamada Doença de Machado-Joseph, responsável por comprometer a coordenação motora e o equilíbrio. O portador normalmente tem dificuldades para caminhar, segurar objetos e engolir alimentos. Como se trata de uma doença degenerativa, os sintomas evoluem com o tempo.

A síndrome do ator é grave e inspira cuidados, pois não tem cura. De caráter hereditário, a ela é transmitida de uma geração para a outra, ou seja, se o pai ou a mãe tem o problema, consequentemente o filho tem 50% de chance de também desenvolver. De acordo com a declaração do pai de Guilherme Karan para o jornal Extra, o ator herdou a doença da mãe.

A mãe e o irmão do ator morreram em decorrência da Doença de Machado-Joseph, apesar de a síndrome degenerativa ser considerada rara. Estima-se que 0,3 a 2 pessoas são afetadas a cada 100 mil habitantes no mundo.

Guilherme Karan atualmente está numa cadeira de rodas e muito deprimido.

Segundo Alfredo, pai de Guilherme Karan, o filho está muito deprimido e não quer receber a visita de amigos. O ator perdeu a alegria de viver por causa da doença e se encontra preso numa cadeira de rodas. Para não relembrar o passado, ele se recusa a assistir televisão e vive sob os cuidados de dois enfermeiros. Sua tristeza é tão grande que ele se recusa até mesmo de receber visitas de Glória Perez, escritora de muitas das novelas que participou.

Apesar de todas as dificuldades apresentadas pelo filho, Alfredo Karan ainda tem esperança de que um tratamento seja desenvolvido para a doença e Guilherme retome a carreira.

 

Top