Dívidas no cartão de crédito: como controlar

Há 12 meses, em dezembro de 2011, o cartão de crédito foi a forma de pagamento que gerou o maior índice de inadimplência do país, sendo a…

Por Élida Santos em 26/12/2012

Há 12 meses, em dezembro de 2011, o cartão de crédito foi a forma de pagamento que gerou o maior índice de inadimplência do país, sendo a causa do endividamento de 64% dos consumidores. Cerca de 90% das pessoas que possuem menos de 20 anos de idade e que estão com o nome na lista de inadimplentes, só foram negativados nos órgão de proteção ao crédito por causa do cartão de crédito.  Já 79,1%  dos jovens de 20 a 25 anos de idade tiveram problemas nos órgãos de crédito por conta dos atrasos do pagamento do cartão.

Leia mais sobre: Como quitar dívidas do cartão de crédito

 

As dívidas do cartão de crédito podem nos "afundar" (Foto: Divulgação)

Um ano se passou e os problemas com essa forma de pagamento tida por muitos como prática, continuam crescendo. Para quem quer se livrar dessa taxa de juros exorbitante, e das dívidas sem fim do cartão de crédito, separamos algumas dicas de como controlar esse problema que assombra famílias de brasileiros.

Evite pagar o “mínimo” do cartão de crédito

No Brasil, os juros do cartão de crédito funcionam em formato rotativo, sendo submetido a uma taxa média de 237,9% ao ano. O Brasil é o país que possui uma taxa maior de juros comparado a cinco nacionalidades da América do Sul e o México. De acordo com a pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), o total dos juros dos seis países analisados, não chega ao valor médio dos juros cobrados pelas operadoras de cartão de crédito do país do Carnaval. Por isso, fique longe da tentação de pagar o mínimo da fatura do cartão.

Limite do cartão de crédito baixo

Para não passar apuros é necessário que suas dívidas mensais não passem de 30%, por isso, não aceite limites de cartão de crédito maior que 20% da sua renda. Essa estratégia garante que você gaste menos e use o item somente em emergências. Se precisar comprar algo de muito valor, dê uma entrada e use o seu limite para parcelar o restante.

Saiba mais sobre: Como negociar a dívida do cartão de crédito

Controle os gastos no cartão de crédito (Foto: Divulgação)

Não tenha mais que um cartão de crédito

Um cartão de crédito é o suficiente para se enrolar se não souber utilizá-lo. Por isso, evite fazer mais de um, pois você pode cair em tentação e fazer compras em excesso tendo dificuldades na hora de pagar e entrando na listagem de devedores. Para evitar dívidas no cartão de crédito, melhor não fazê-las.

Top