Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar> Dislexia: entenda o distúrbio de aprendizagem

Dislexia: entenda o distúrbio de aprendizagem

Por Redacao

A dislexia não é propriamente uma doença, mas é considerado um distúrbio do cérebro. As pessoas disléxicas costumam ter o lado direito do cérebro maior que o esquerdo, na área responsável pelas atividades criativas. Essas pessoas geralmente têm a inteligência maior que a média e representam entre 5% a 17% da população mundial segundo a ABD ou seja Associação Brasileira de Dislexia.

Pessoas famosas como a escritora Agatha Christie, o ator Tom Cruise e o cientista Charles Darwin, que foi o autor da teoria da evolução, têm dislexia. Essas pessoas procuram atuar em profissões liberais e artísticas.

A dificuldade na escrita para discernir letras sílaba e seus respectivos sons, mas com um QI muito a cima da média. Essas são apenas algumas das características das pessoas que tem o distúrbio da dislexia.

Dificuldades do disléxico

O disléxico apresenta dificuldade de se posicionar no tempo, saber o que vem antes e depois. Na prática é muito comum, os disléxicos serem superdotados. A maior dificuldade para os disléxicos é fazer a relação entre a letra e o som, as crianças que possuem esse distúrbio apresentam muita dificuldade na alfabetização. Outro sintoma também apresentado pela criança disléxica é na fala, a dificuldade de aprender a falar é muito maior do que a das crianças normais.

Os principais sintomas aparecem mesmo, e são mais visíveis quando a criança entra para a escola.  É necessário fazer um diagnóstico e acompanhamento adequado, para que a criança então possa seguir os seus estudos acompanhando os seus colegas e dessa forma ter menos prejuízo emocional.

– desatenção e dispersão

– dificuldades em fazer cópias de livros e da lousa

– dificuldade em decorar sequências como meses do ano, alfabeto e tabuada

– não consegue conhecer rimas como os sons iguais no final das palavras, ou sons iguais no inicio das palavras (aliteração)

– dificuldade na coordenação motora fina, ou grossa

– dificuldade na matemática e desenho geométrico

– troca de letras na escrita

– problemas de conduta como depressão, timidez excessiva ou é o palhaço da turma.

Estes são apenas alguns dos problemas e dificuldades relacionados a dislexia. É muito importante fazer o diagnóstico com antecedência para que a criança possa ser preparada para enfrentar os desafios que o distúrbio vai propor.

Crianças em idade escolar

Existem sintomas importantes que devem se observados nas crianças em idade escolar, eles podem ser o princípio da descoberta da dislexia. São eles: falta de concentração, atraso no desenvolvimento da fala e da linguagem, dificuldade em aprender rimas e canções, a coordenação motora é muito fraca, não consegue montar um quebra cabeça, não se interessa por livros impressos.

Se a criança apresentar esses sintomas é preciso ter acompanhamento mais adequado para que ela possa superar o seu problema e ter uma vida social mais intensa.

Uma equipe multidisciplinar que é formada por Psicólogos, Fonoaudiólogos e Psicopedagogos deve iniciar uma investigação bem ampla e minuciosa e abranger de forma mais acentuada o processo de avaliação, para poder verificar a necessidade de diagnósticos de outros profissionais como Neurologistas, Oftalmologista e outros conforme a necessidade de cada caso.

A equipe que vai avaliar o caso deve verificar minuciosamente todas as possibilidades antes de descartar ou confirmar o diagnóstico de dislexia. Esse processo é chamado de Avaliação Multidisciplinar e de Execlusão.

Por fim, ao contrário do que muita gente pensa o disléxico sempre encontra o seu caminho contornando as suas dificuldades. Ele também responde muito bem a situações que estão relacionadas a vivencias do dia a dia. O tratamento para quem tem dislexia pode ser feito em clínicas particulares ou através de projetos sociais do governo. É só procurar na sua cidade o órgão responsável e a escola, após o diagnóstico para poder tratar.

 

Recomendado para você
Beleza

Tratamento Capilar Barato – Preços, Clínicas

Beleza

Penteados para usar na escola: sugestões

Bem Estar

Emagrecer com erva-mate

Beleza

Maquiagem para noite: pele negra

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *