Discos de Blu-Ray já podem ser copiados

Fonte: The H Security A indústria cinematográfica parecia confiante no sistema de proteção oferecido pelo formato Blu-Ray. Anos depois do seu lançamento, não existia…

Fonte: The H Security

A indústria cinematográfica parecia confiante no sistema de proteção oferecido pelo formato Blu-Ray. Anos depois do seu lançamento, não existia nenhuma placa de vídeo capaz de interceptar os sinais emitidos por um aparelho de Blu-Ray e de convertê-los em formatos digitais (que podem ser reproduzidos diretamente do PC ou gravados em um novo disco).

No entanto, um grupo de cientistas da computação da Universidade de Ruhr, na Alemana, desenvolveu uma tese de pós-doutorado capaz de quebrar o mecanismo de segurança dos discos de Blu-Ray. A placa conhecida como Xilinx FPGA Spartan-6 seria capaz de interligar um aparelho de Blu-Ray com uma televisão e, além de reproduzir o conteúdo na íntegra, é capaz de captar os sinais de áudio e de vídeo.

Ao contrário do que se possa imaginar, o grupo que desenvolveu a placa não defende a pirataria, mas apenas defendem a tese de quanto custaria para desenvolver um equipamento capaz de captar os sinais de um disco de Blu-Ray. A título de curiosidade, a placa custou cerca de 200 euros (aproximadamente R$ 470).

Caso ela venha a ser comercializada em larga escala, logo poderemos ver discos de Blu-Ray dividindo espaço nos camelódromos de todo o Brasil (em cópias ilegais).

Top