Diogo Silva e Natália Falavigna: as apostas do taekwondo brasileiro em Guadalajara

Com bom desempenho na última edição dos Jogos Pan-Americanos, quando Diogo ficou com o ouro e Natália com a prata, os dois pretendem repetir o feito no México

Diogo Silva é o atual campeão pan-americano de taekwondo, categoria até 68kg

Nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, a delegação brasileira de Taekwondo tenta repetir o bom papel que desempenhou na última edição dos Jogos, realizada no Rio de Janeiro em 2007, quando faturou uma medalha de ouro, duas de prata e uma de bronze.

Para isso, a seleção, que já está na cidade de San Luis Potosí, no México, onde realiza um período de aclimatação para se adaptar à altitude de Guadalajara, iniciou a preparação para o Pan com uma temporada de treinamentos em Seoul, na China.

Nas provas em Guadalajara, o Brasil contará com seis atletas, que vão disputar seis categorias: Kátia Arakaki (até 49kg), Márcio Wenceslau (até 58kg), Raphaella Galacho (até 67kg), Diogo Silva (até 68kg), Natália Falavigna (acima de 67kg) e Douglas Marcelino (até 80kg).

As principais apostas do Taekwondo brasileiro no Pan-Americano são os atletas Diogo Silva, que no Pan do Rio de Janeiro conquistou a medalha de ouro, e Natália Falavigna, medalha de bronze na Olimpíada de Pequim, em 2008, e prata no Pan de 2007. Ainda na edição carioca do Pan, o competidor Márcio Wenceslau, que também estará no México, conquistou uma medalha de prata para o Brasil.

De acordo com o técnico da Seleção, Fernando Madureira, os principais adversários da Seleção Brasileira por medalhas serão Estados Unidos, Canadá e México. Segundo o calendário do Pan, as provas de Taekwondo serão disputadas entre os dias 15 e 18 de outubro.

Top