Dilatação pré-parto: saiba mais

Dilatação pré-parto: saiba mais

A dilatação do canal de parto é um evento que antecede o nascimento da criança e serve para abrir caminho para a passagem do…

Por Editorial MDT em 08/07/2013

A dilatação do canal de parto é um evento que antecede o nascimento da criança e serve para abrir caminho para a passagem do bebê. O que muitas futuras mamães não sabem é que não é incomum encontrar certo grau de expansão das estruturas nos dias que antecedem o evento, com a mulher totalmente fora de trabalho de parto. O resultado pode ser muita preocupação e idas desnecessárias ao médico. Fique por dentro do assunto e saiba mais sobre a dilatação pré-parto.

A dilatação pode ocorrer pelo peso do bebê sobre o colo uterino. (Foto: divulgação)

Por que ocorre a dilatação pré-parto

A dilatação pré-parto é um evento bastante comum, que faz parte da primeira das cinco fazes do parto. Ela pode ocorrer devido inúmeros fatores. Os mais comuns são:

  • O peso do bebê sobre o colo uterino, que acaba forçando uma discreta dilatação de até 2cm;
  • Contrações uterinas preparatórias, responsáveis por aprontar o colo uterino e as estruturas adjacentes para o trabalho de parto. Esse tipo de contração é capaz de causar uma dilatação de até 5cm;

É muito importante ressaltar que, mesmo com tanta dilatação, esses eventos podem anteceder o parto em várias horas ou até dias. O ideal é que as mulheres sejam internadas apenas quando estiverem em trabalho de parto ativo, pois admitir no hospital uma gestante com esse tipo de dilatação, mesmo que ela tenha pedido pra ser internada, implica em estresse desnecessário além de internação por tempo indeterminado.

A dilatação pré-parto pode causar visitas desnecessárias ao médico. (Foto: divulgação)

Benefícios da dilatação pré-parto

Ao contrário do que a maioria das pessoas pode pensar, a dilatação pré-parto pode ser vantajosa para a gestante. Caso seja necessário, mulheres com dilatação prévia do colo uterino podem ter o parto induzido com maior facilidade e de forma muito mais rápida. Normalmente, como o colo dessas mulheres está mais bem preparado para a saída do bebê, o período expulsivo do trabalho de parto também tende a ser menor.

Dilatação pré-parto não significa parto normal

As gestantes precisam ter em mente que passar por uma dilatação pré-parto não significa, necessariamente, que o trabalho de parto irá evoluir para um parto normal. Existem várias intercorrências que podem acontecer, como parada da dilatação ou desproporção entre o tamanho do feto e a pelve materna, onde estariam indicadas a cesariana.

A ocorrência de dilatação pré-parto não significa que o parto evoluirá para parto normal. (Foto: divulgação)

A dilatação pré-parto é um evento bastante comum, que pode preocupar muitas mamães e resultar em visitas desnecessárias ao médico. É importante que as gestantes conheçam esse evento, que não significa, necessariamente, a evolução para parto normal e pode aparecer nos mais diferentes tipos de parto.

Top