Diferença entre pós-graduação, lato sensu e stricto sensu

Investir em formação é o melhor caminho para quem deseja conquistar espaço no mercado de trabalho. Por isso, os cursos de pós graduação são…

Investir em formação é o melhor caminho para quem deseja conquistar espaço no mercado de trabalho. Por isso, os cursos de pós graduação são cada vez mais procurados por profissionais de diferentes áreas, pois eles podem ser a porta de entrada para uma carreira de sucesso.

Investir em uma formação de qualidade é o melhor caminho para quem deseja conquistar espaço no mercado de trabalho. (Foto: Divulgação).

Caso esteja pensando seguir o mesmo caminho, saiba que há várias opções de cursos disponíveis no mercado voltadas para quem já concluiu o ensino superior. Entretanto, antes de fazer a sua escolha, você precisa ficar atento a um detalhe importante sobre a natureza do curso que deseja realizar.

Existem dois tipos de cursos de pós-graduação reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação). Abaixo, você pode conhecer um pouco melhor a diferença que há entre eles.

Veja também sobre cursos de pós-graduação na Unicamp.

Diferença entre pós-graduação lato sensu e stricto sensu

Os cursos de pós-graduação stricto sensu abrangem os programas de mestrado e doutorado acadêmico. (Foto: Divulgação).

Com duração mínima de 360 horas, os cursos a pós-graduação lato sensu incluem vários tipos de programas de especialização, tais como os cursos designados como MBA (Master Business). Neste tipo de curso, o aluno não recebe diploma, apenas um certificado. Ele é aberto a candidatos com ensino superior concluído e que atendam as exigências da instituição.

Já a pós-graduação stricto sensu tem como abrangência os programas de mestrado e doutorado oferecidos por universidades, institutos de pesquisas e demais instituições de ensino superior (públicas ou privadas). Outra diferença para a pós-graduação latu sensu é que, ao final do curso, os alunos obtêm o diploma.

Leia Também:  Pós-Graduação UNIARA 2010

Em geral, para ingressar em tais cursos, os candidatos são submetidos a um processo seletivo realizado pela instituição que oferece o programa de pós-graduação. As normas e exigências inerentes a cada seleção são divulgadas no edital de inscrição.

Confira também: Mestrado a distância no Brasil.

Mestrado profissional e mestrado acadêmico

Apesar das diferenças, os mestrados acadêmico e profissional possuem o mesmo grau de reconhecimento. (Foto: Divulgação).

Dentro dos programas de pós-graduação stricto sensu, existem os cursos de mestrado profissional e mestrado acadêmico. O primeiro destina-se a profissionais que já atuam no mercado de trabalho, seja em empresas ou em instituições públicas, e assumem o compromisso de manter suas atividades durante o curso.

Já o mestrado acadêmico não exige que o aluno esteja atuando no mercado. Seu foco é mais voltado para a pesquisa, por isso, a publicação ou submissão de artigos em revistas e canais de congressos é algo bastante desejável. Apesar desta diferença, ambos os programas (profissional e acadêmico) possuem o mesmo grau de reconhecimento.

Top