Diferença entre dengue normal e hemorrágica

Diferença entre dengue normal e hemorrágica são muitas e as pessoas precisam saber para entender os seus perigos. A hemorrágica coloca a vidas das…

Por Élida Santos em 01/04/2015

Diferença entre dengue normal e hemorrágica são muitas e as pessoas precisam saber para entender os seus perigos. A hemorrágica coloca a vidas das pessoas em risco de uma forma mais aguda, já a dengue considerada mais comum acaba sendo uma forma de doença um pouco mais leve, variando muito a forma como cada organismo reage a ela.

Diferença entre dengue normal e hemorrágica (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Conheça os sintomas da dengue

Diferença entre dengue normal e hemorrágica

Diferença entre dengue normal e hemorrágica são muitas, a começar pelos sintomas, mas vamos falar disso depois. Nesse primeiro momento entenda que as pessoas têm reações e sintomas manifestados de modo diferente. Não são todos que desenvolvem todos os sintomas de uma única vez. Pode ser que somente a febre e dor de cabeça apareça, ou pode ser que tenha todos os sintomas.

Uma pesquisa publicada na edição online desta terça (13) da revista científica “mBio” traz uma novidade sobre como o corpo humano responde ao vírus da dengue. Uma proteína chamada lectina de aglutinação à manose (MBL, na sigla em inglês), é capaz de identificar o vírus para atacá-lo.

Saiba mais informações sobre: Dengue: remédios que devem ser evitados

 

Cuide do seu quintal (Foto: Divulgação)

Dengue clássica: sintomas

  • Febre súbita e alta (acima de 40°C)
  • Fortes dores de cabeça
  • Manchas vermelhas (parecidas com sarampo) na pele
  • Dor atrás dos olhos (piora com movimentação ocular)
  • Falta de apetite e paladar
  • Dor nos ossos e nas articulações
  • Náuseas e vômito
  • Moleza e cansaço

 

Dengue normal e hemorrágica tem sim suas diferenças (Foto: Divulgação)

Dengue hemorrágica e seus sintomas

  • Dificuldade de respiração
  • Perda de consciência
  • Confusão mental, agitação e insônia
  • Sangramento na boca, nas gengivas e no nariz
  • Vômitos intensos
  • Boca seca e muita sede
  • Pulso fraco
  • Fortes dores abdominais contínuas (não como cólicas)
  • Pele pálida e úmida

Cuidado coma dengue (Foto: Divulgação)

Procure um médico nos primeiros sintomas

Não espere, de forma alguma, ter todos os sintomas da dengue para procurar o médico. Os primeiros dias com dengue merece mesmo ser diferenciados e vistos de uma outra maneira. Não espere todos os sintomas. Geralmente, o corpo ruim, febre, dor de cabeça e dor nos olhos principalmente ao movimentar eles, acaba acometendo as pessoas de uma vez, mas a combinação de dois desses sintomas é caso de médico já.

Top