Dieta vegetariana para crianças: cuidados

É natural que os pais vegetarianos queiram que seus filhos sigam seus passos e adotem uma dieta que exclua a carne do cardápio, mas…

É natural que os pais vegetarianos queiram que seus filhos sigam seus passos e adotem uma dieta que exclua a carne do cardápio, mas existem muitas dúvidas sobre a segurança desse estilo de vida para crianças e essa dieta ainda é cercada de mitos e verdades. Esclareça as principais dúvidas a respeito do assunto e conheça os cuidados com a dieta vegetariana para crianças.

Crianças com dieta vegetariana levam bons padrões alimentares para vida toda. (Foto: divulgação)

Dieta vegetariana para crianças

De acordo com o nutrólogo Eric Slywitch, diretor do Departamento de Medicina e Nutrição da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), é totalmente possível adotar uma dieta vegetariana, desde o desmame, sem prejudicar o adequado desenvolvimento infantil.

Os cuidados dispensados com a alimentação dos lactentes devem ser iguais ao dado às crianças maiores. Continua sendo indicado o aleitamento materno exclusivo até os 6 meses e caso não seja possível amamentar a criança por todo esse tempo, é recomendado o uso de suplementos alimentares infantis, que são exclusivamente desenvolvidos para essa finalidade.

Nutrição adequada

Um cuidado muito especial e fundamental para assegurar a saúde da criança é encontrar substituições inteligentes para a carne. De maneira geral esse cuidado já é naturalmente adotado por quem leva a sério uma dieta vegetariana e preza pela saúde. As melhores opções ficam por conta de alimentos como leguminosas, feijão e lentilha.

Crianças vegetarianas têm menores índices de obesidade. (Foto: divulgação)

A deficiência de importantes elementos aos quais muitos vegetarianos estão sujeitos, como ferro, vitamina B12, zinco e proteína, pode ser suprida pelo consumo regular de ervilhas, ovos, leite e derivados, além de suplementação. Por isso é de suma importância que os pais sigam um façam um rigoroso acompanhamento médico, a fim de detectar precocemente possíveis problemas e assim fazer a intervenção necessária.

Leia Também:  Previna oito problemas femininos com a dieta

Levando uma vida normal

O fato de a criança seguir uma dieta vegetariana não significa que ela não levará uma vida normal. O mais importante é que os pais abram espaço para o diálogo e expliquem ao filho o motivo da adoção de um estilo de vida diferente. Por isso é fundamental que a família seja esclarecida e tenha uma boa relação com o pequeno.

Os pais devem conversar com a criança e explicar os motivos de uma dieta vegetariana. (Foto: divulgação)

É completamente possível adotar uma dieta vegetariana para crianças, desde que a família tenha os cuidados necessários, como realizar acompanhamento médico regularmente e ficar atento em opções inteligentes de substituição para a carne. Em longo prazo todo o esforço vale a pena, pois estudos indicam que crianças vegetarianas têm um regime alimentar mais variado que as onívoras, menor índice de obesidade e ainda desenvolvem padrões alimentares mais saudáveis que levam por toda vida.

Top