Dieta Ortomolecular

Adotada por muitos famosos, a Dieta Ortomolecular está cada vez mais caindo nas graças de milhares de pessoas, em todo o Brasil, consistindo em…

Adotada por muitos famosos, a Dieta Ortomolecular está cada vez mais caindo nas graças de milhares de pessoas, em todo o Brasil, consistindo em uma opção bastante interessante para aqueles que desejam emagrecer rápido e, ao mesmo tempo, evitar problemas de saúde.

Dieta Ortomolecular (Foto Ilustrativa)

Baseada nos conceitos desenvolvidos pelo químico americano Linus Pauling, essa dieta tem o objetivo de restaurar o equilíbrio do organismo por meio da ingestão correta de alimentos, de acordo com o perfil de cada pessoa.

Ela parte do princípio de que, ao longo de nossa vida, fazemos escolhas que afetam diretamente o funcionamento do organismo, como a ingestão de alimentos nada saudáveis, a falta de exercícios físicos e o hábito de dormir pouco, entre outras coisas, que causam um grande desequilíbrio no nosso corpo.

Dieta do tipo sanguíneo

Dieta Ortomolecular

Essa dieta pode ajudar no emagrecimento rápido e saudável (Foto Ilustrativa)

E é para acabar com esses desequilíbrios, que podem resultar em excesso de peso, pele oleosa, cansaço constante e até em doenças graves, entre outros problemas, que a Dieta Ortomolecular foi criada.

Para começar a seguí-la, a pessoa interessada deve procurar um profissional de saúde especializado em medicina ortomolecular, que irá solicitar um mineralograma capilar (exame feito nos fios de cabelo) e um exame de sangue.

A partir da análise desses exames, o médico poderá identificar quais vitaminas e minerais estão em falta no organismo da pessoa, além das substâncias encontradas em excesso. Com esses dados em mãos, o médico desenvolverá um cardápio balanceado que irá suprir as carências do organismo e corrigir os excessos.

Continuar Lendo  Maquiagem para pele negra: dicas, cores

Ou seja, essa dieta consiste, basicamente, em uma reeducação alimentar, que melhorará o metabolismo, contribuindo para a perda de peso e também para a melhora na qualidade de vida, de uma maneira geral.

Vantagens da Dieta Ortomolecular

Ela prioriza o consumo de alimentos saudáveis (Foto Ilustrativa)

Além de contribuir para acabar com aqueles quilinhos extras, a dieta ortomolecular pode trazer inúmeros outros benefícios para a sua saúde, graças à alimentação mais saudável e à suplementação nutricional.

Consumindo os alimentos certos e nas quantidades ideais, você reestabelecerá o equilíbrio do seu organismo e ficará mais forte e disposto para praticar exercícios físicos, que deverão fazer parte da sua nova rotina, complementando a dieta, e para outras atividades do dia a dia.

E com o equilíbrio do organismo, também fica mais fácil evitar uma série de doenças (problemas do coração, osteoporose, câncer, depressão, etc), permitindo levar uma vida muito mais tranquila e agradável.

Outra das vantagens da dieta ortomolecular é que ela geralmente é fácil de ser seguida, já que não proíbe o consumo de grupos alimentares.

Desvantagens da Dieta Ortomolecular

Essa dieta é baseada nos conceitos do químico americano Linus Pauling (Foto Ilustrativa)

Uma das desvantagens da dieta ortomolecular é em relação aos custos, pois ela sai mais caro que outros tipos de dietas. Além dos exames feitos antes de iniciá-la, ela também requer acompanhamento médico constante, o que aumenta consideravelmente os gastos.

Dieta Alcalina

Algo que pode contribuir também para os custos maiores é o preço elevado de produtos orgânicos, que geralmente são recomendados pelos médicos.

Vale ressaltar ainda que, em alguns casos, pode ser necessário o uso de suplementos de vitaminas e minerais, o que tem rendido algumas críticas em relação a essa dieta.

Continuar Lendo  Dieta alimentar para homens

Cardápio para Dieta Ortomolecular

O cardápio é montado de acordo com as deficiências nutricionais de cada pessoa (Foto Ilustrativa)

O cardápio para dieta ortomolecular varia bastante, de pessoa para pessoa, já que é montado de acordo com as deficiências e os excessos encontrados em cada organismo. Ou seja, ele só pode ser conhecido após a análise dos exames.

Mas de maneira geral, podem ser cortados (ou ter o consumo bastante reduzido) alimentos como carnes vermelhas (exceto as magras), margarina e manteiga, leite de vaca, bebidas alcoólicas, refrigerantes, açúcar, frituras, produtos industrializados, guloseimas e pratos feitos com farinha branca, entre outros itens.

Em contrapartida, é priorizada a alimentação natural (frutas e verduras orgânicas), alimentos feitos com farinha integral e sucos naturais, entre outros itens. O consumo deve ser feito em pequenas refeições realizadas ao longo do dia (de duas em duas ou de três em três horas, por exemplo).

Cuidados ao seguir a Dieta Ortomolecular

A dieta ortomolecular traz ainda vários outros benefícios para a saúde, oferecendo uma melhor qualidade de vida (Foto Ilustrativa)

Conforme dissemos acima, para aproveitar todos os benefícios da dieta ortomolecular é fundamental ter o acompanhamento constante de um médico, pois é ele quem saberá identificar as suas carências de vitaminas e minerais e indicará o melhor cardápio para acabar com esse problema.

Dieta do Mediterrâneo – benefícios

Lembre-se que fazer, por conta própria, mudanças bruscas na alimentação, sem maiores conhecimentos sobre o assunto, pode trazer vários problemas de saúde.

Top